terça-feira, 28 de novembro de 2017
10

[RESENHA] Nunca Olhe Para Dentro - Amanda Ághata Costa

Lido em: Novembro/2017
Título: Nunca olhe para dentro
Autor(a): Amanda Ághata Costa
Editora: Amazon
Gênero: Literatura nacional / Romance
Ano: 2017
Páginas: 482
ISBN: B07649N4NH
Onde comprar: Amazon
Skoob



Sinopse: Nem sempre a vida é colorida como um quadro ou suave como uma pincelada, às vezes é o contrário de tudo isso. Depois de perder os pais em um acidente de carro aos oito anos, a única coisa que Betina precisa fazer é encontrar o responsável por ter destruído sua família na noite que daria início à sua próspera carreira como pintora. Agora, longe dos pincéis e das paletas, ela está focada em terminar a primeira graduação e procurar na justiça um pouco de consolo para o caos que o seu passado ainda traz. Ao lado de seus amigos e sob o teto de uma tia que a detesta, ela perceberá de que cores as pessoas são feitas, e do quanto é realmente necessário olhar para dentro de tudo aquilo que a assombra, mesmo que para isso precise passar por uma inesperada decepção.


Biografia: Nasceu em 21 de Outubro de 1993, numa pacata cidade do interior de Santa Catarina. Estudante de Pedagogia e amante das palavras desde a infância, jamais imaginou que um dia sua voz seria ouvida. Com papel e caneta em mãos, espera poder tocar as pessoas com suas histórias, fazendo-as vibrar e amar cada fragmento das mesmas. De todas as coisas do universo, se aventurar nos mares da fantasia é sua maior paixão. 

*E-book cedido em parceria com a autora.




Um trágico acidente na infância marcou a vida de Betina para sempre. O que parecia uma noite perfeita, terminou com a morte de seus pais e tirou todo o colorido de sua vida. Hoje, muitos anos depois, Betina está terminando a faculdade de Psicologia e mora com a tia. Tia essa que está mais para víbora do que tia.
Mas, felizmente, Betina pode contar com a amizade de Paola e Caio. Que são seu porto seguro, estando sempre ao seu lado.

Betina segue rigorosamente a rotina de toda sexta-feira visitar o local do acidente e nunca desistiu de investigar para saber o que realmente aconteceu naquele fatídico dia.
Sua vida parecia seguir em uma direção, mas acontecimentos a levaram a um destino inesperado, revelando coisas que ela jamais imaginou.

"Quando você não sabe onde está a verdadeira parte de si, não é possível doá-la para outra pessoa."

"Preciso de menos segurança e mais vontade de experimentar o que ainda desconheço."

Betina é uma pessoa triste, mas é o tipo de personagem que é forte e não imagina a força que tem. No decorrer da história, diante das difíceis situações que passa, sua força vai se revelando e ela se mostra cada vez mais uma personagem incrível. A autora conseguiu criar uma protagonista cativante, com dores e dúvidas reais. Outra coisa que me agradou na personagem foi a sua forma de classificar pessoas e sentimentos por cores.

Nicolas é surpreendente. No início, apesar de encantador, confesso que fiquei um pouco com o pé atrás com ele, mas aos poucos ele me conquistou se mostrando muito mais do que pensei inicialmente. O envolvimento dele e Betina se dá de forma apaixonante e nos faz torcer o tempo todo pelo casal.

"Eu não sei com quais cores tem pintado o seu próprio mundo, mas você devolveu muitas delas para o meu."

Os demais personagens foram muito bem construídos e explorados na trama. Paola foi quem mais me agradou, por toda a amizade dedicada à Betina

"Crescer exige deixar muitas características pelo caminho. Você não pode crescer e carregar tudo consigo. Ou deixa para trás, ou segue em frente."

"A cada dia que passa eu me torno menos colorida."

Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de Betina, Amanda Ághata Costa nos presenteia com uma história delicada e intensa, que mostra que muitas vezes é necessário olhar para dentro, sim, por mais que a gente não queira. E que quem tem bons amigos, tem tudo. 

Com maestria a autora abordou o delicado tema de violência doméstica e soube explorar muito bem isso na trama, sem deixar a história pesada, porém sem tirar a importância do assunto. A escrita envolvente da autora transporta o leitor para dentro da história e nos faz vivenciar cada situação ao lado da protagonista. Com uma história muito bem ambientada, com diálogos inteligentes, personagens cativantes e um leve toque investigativo, a leitura flui de maneira agradável.

Muito mais que um romance, Nunca Olhe Para Dentro é uma história que encanta, mas mais do que isso, impacta o leitor e faz refletir sobre a questão da violência doméstica, problema enfrentado por mais pessoas que imaginamos. O livro mostra a realidade como ela é e nos faz ver a questão por uma outra perspectiva. 

Me apaixonei pela capa desde a primeira vez que a vi, sem contar que é totalmente pertinente à história, assim como o título. 

Mais do que recomendado!

Beijos. ;)






10 comentários:

  1. Oiii tudo bem?
    Eu tenho muita curiosidade pra ler esse livro menina, ainda mais sendo da Amanda, parece ser uma ótima pedida e acho que seria uma ótima pedida para mim! Ainda mais com esse gênero fascinante.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Também tenho muito interesse no livro. Além de abordar questões relevantes, ele tem uma premissa bem diferente.
    Gostei muito do fato da protagonista classificar suas emoções em cores. Bem diferente.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi Aline, tudo bem? Só leio criticas positivas da autora e esse parece mais um excelente livro dela, tem um tema super pertinente!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante essa história! É uma reviravolta nos golpes que a vida dá sem avisar, uma mudança após perder os pais, e começa aí uma "caça" para saber quem foi o responsável por mudar sua vida tão drasticamente e tão de repente. Fiquei muito interessada no livro, é uma história que me prenderia com certeza.

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu já li alguns livros sobre violência doméstica, e goste de saber mais sobre o tema. Um tema bem atual, que sempre ficamos sabendo de algo. Gostei dessa dica, e vou fazer questão de conferir.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Ola lindona estou muito curiosa para ler esse livro, fico feliz em saber que o tema proposta pela autora foi abordado com coerência. A capa está linda e tenho lido muitos elogios. Com certeza irei ler. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Eu tenho muita vontade de ler algum livro dessa autora porque sempre dizem que ela consegue abordar temas fortes com muita veracidade.
    A violência doméstica é um tema que precisa ser discutido em muitos outros livros, só assim teremos esperança de um dia isso mudar em nosso mundo

    ResponderExcluir
  8. Oi, Aline!!
    Que resenha mais legal, gostei muito da premissa do livro e essa é a primeira vez que leio algo sobre esse livro, achei a estória bem legal e interessante. E que capa linda!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  9. Olá! Adorei a premissa do livro, pois adoro histórias de amizades e, principalmente, que envolvam bons dramas familiares. Amo quando o autor constrói bem os personagens e, com narrativa em primeira pessoa, nos faz conhecer melhor cada um deles. Se tem polêmica sobre violência doméstica, melhor ainda! Dica anotadíssima!
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Amei a resenha, Li! Obrigada por ter olhado para dentro da história junto com a Betina ♥

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade