terça-feira, 4 de fevereiro de 2014
34

[RESENHA] Como Eu Era Antes de Você - Jojo Moyes

Lido em: Novembro/2013
Título: Como Eu Era Antes de Você
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Categoria: Literatura Estrangeira / Romance
Ano: 2013
Páginas: 320
ISBN: 9788580573299
Skoob







Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Biografia: Jojo Moyes nasceu em 1969 e cresceu em Londres, no Reino Unido. Estudou jornalismo e foi correspondente do jornal The Independent até 2002, quando publicou o seu primeiro romance, Sheltering Rain, e resolveu dedicar-se à escrita a tempo inteiro.

Li Como Eu Era Antes de Você em Novembro de 2013, e a resenha estava pronta desde então. Mas esse livro mexeu tanto comigo, que mesmo depois de lido e resenhado, toda vez que leio alguma coisa sobre ele, as emoções se afloram.
Antes de começar a ler, já haviam me avisado. Mas, em se tratando deste livro, avisos nunca são demais. Precisei “criar coragem” para lê-lo e depois, coragem para escrever a resenha, tinha certeza que me emocionaria novamente.

Como Eu Era Antes de Você é um livro extremamente cativante, com uma carga emocional intensa.
A história de Louisa Clark e Will Traynor não é nem um pouco convencional.  
Will sofre um acidente no qual fica tetraplégico e Lou consegue um emprego em sua casa, como sua cuidadora. A partir de então a história se desenvolve.

“Ele se vira e, nesse milésimo de segundo, percebe que a coisa que a coisa vem em sua direção, que não há como sair da frente. Surpreso, abre a mão e o BlackBerry cai no chão. Ouve um grito que talvez seja seu. A última coisa que vê é uma luva de couro, um rosto dentro de um capacete, o choque nos olhos do homem refletindo o dele próprio. Há uma explosão quando tudo se parte em pedaços. 

E então não há nada.”Pág. 10

Vemos as dificuldades, limitações, frustrações de um tetraplégico e sua luta no dia-a-dia. Will é dono de um humor ácido, é amargo e depressivo. No início ele e Lou não se “bicam”, mas acabam se envolvendo e aprendem muito um com o outro. Ele, que até então só vivia dentro de casa e não tinha vontade para fazer nada, começa a enfrentar saídas, incentivadas por Lou, que lhe proporcionam raros momentos de pequenas alegrias e satisfações. Ela, por sua vez, começa a ver a vida de outra maneira e passa a observar as infinitas possibilidades de ser alguém, de lutar, de viver, incentivada por Will.

“- Quero... ser apenas um homem que foi a um concerto com uma garota de vestido vermelho. Só por mais alguns minutos.” Pág. 149

“Deitei-me na cama e pensei em Will. Pensei em sua raiva e em sua tristeza. Pensei no que a mãe dele tinha dito: que eu era uma das únicas pessoas que conseguiu alcança-lo. (...) Pensei na pele cálida e nas mãos e nos cabelos macios de alguém vivo, de alguém bem mais inteligente e engraçado do que eu jamais poderia ser e que, apesar disso, não via nada melhor no futuro do que se matar. E enfim, com a cabeça pressionada contra o travesseiro, chorei por que minha vida de repente pareceu muito mais difícil de entender e muito mais complicada do que eu jamais teria imaginado, e desejei poder voltar até os dias em que minha maior preocupação era se Frank e eu tínhamos encomendado bolinhos Chelsea suficientes.” Pág. 113

Em meio à história, um tema polêmico surge: o direito de morrer. Will havia tomado sua decisão antes de conhecer Lou: ir para uma clínica de suicídio assistido na Suíça, a Dignitas. Lou descobre sua decisão e passa então, a procurar maneiras de mostrar para Will que a vida vale a pena e tentar fazê-lo desistir da ideia de ir para a Dignitas. Será que ela vai conseguir?

“(...)Como alguém pode viver com a consciência de que está apenas deixando os dias correrem até sua própria morte?”Pag. 103

“Olhei bem para o calendário, com a caneta na mão. Aquele pequeno pedaço de papel brilhoso passou a significar, de repente, uma grande responsabilidade.

Eu dispunha de cento e dezessete dias para convencer Will Traynor de que ele tinha motivos para viver.” Pág. 125

Como Eu Era Antes de Você nos mostra a importância de respeitarmos as escolhas alheias, ainda que não concordemos com elas.

“- Não. Quero que ele viva.

- Mas...

- Mas que ele viva se ele quiser. Se não quiser, então, por mais que você e eu gostemos dele, viramos só mais um bando de chatos que não respeitam sua vontade.

As palavras de Nathan reverberaram no silêncio. Sequei uma lágrima solitária no rosto e tentei fazer com que meu coração voltasse ao ritmo normal.” Pág. 268

É um livro que nos faz pensar, refletir sobre o que estamos fazendo da nossa própria vida. Estamos vivendo?
Uma lição de vida. Um livro impactante.

“- Sabe de uma coisa?

Eu podia passar a noite toda olhando para ele. Para o brilho do canto dos seus olhos. Para o lugar onde o pescoço encontrava o ombro.

- O quê?

- Às vezes, Clark, você é a única coisa que me dá vontade de levantar da cama.” Pág. 236

“- Acho que podemos fazer de tudo. Sei que essa não é uma história de amor como outra qualquer. Sei que há motivos para eu nem dizer isso. Mas eu amo você. De verdade. Vi  isso quando deixei Patrick. E acho até que você gosta um pouco de mim.” Pág. 282

Livro narrado por Lou, mas com alguns capítulos narrados por outros personagens, o que nos permite conhecer outros pontos de vista.
A riqueza de detalhes faz com que pareça que estamos no meio  da história, sofrendo com Will, lutando com Lou. Aliás, não tem como não amar esses dois. Personagens marcantes, cativantes, envolventes.

A capa é linda, fontes em tamanho que possibilitam uma leitura agradável, ótima diagramação. Mais um belo trabalho da Intrínseca.

Curiosidade: Depois de ler o livro, fiz uma pesquisa na internet e descobri que a Clínica Dignitas, citada no livro, existe mesmo, e está localizada na Suíça. Site oficial: http://www.dignitas.ch/

Me acabei de chorar e, depois que terminei de ler, fiquei algum tempo olhando para o nada, pensando... Levei um bom tempo para me recuperar, a ressaca que esse livro me causou foi grande, pois esta história é um verdadeiro “baque” na vida da gente. Por mais que eu escreva, nunca será suficiente para descrevê-lo. Com certeza alguma coisa em você vai mudar depois de ler este livro. 
Quem leu, sabe do que estou falando! ;)

Beijos.

34 comentários:

  1. Oi Li! :)
    Ahhhh esse livro é uma fofura né? *-*' fiquei assim .. abalada também! <3
    Fiquei dias com ressaca depois dele. É como se nada fosse bom o bastante para nos conquistar :) Quero ler os outros livros da Jojo, dizem que todos são lindos assim!
    <3 Lou e Will são história agora *-*' <3
    Adorei a resenha, deu pra perceber o quanto o livro te impactou!

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari!
      É lindo demais!!!!
      Sem palavras..hehe
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Flor!
    Que resenha linda! Consegui sentir o quando vc gostou e se emocionou!
    Tipo os mesmo sentimentos que vc ao ler a culpa é das estrelas e Princesa mecânica! Espero logo ler essa obra agora!
    Me deixou com agua na boca!
    Beijos
    Ps:Especial de despedida Saga Divergente! Livro:Convergente - Divergente - Livro 3 - Veronica Roth
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/02/especial-de-despedida-saga-divergente.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, flor!
      Leia que você irá gostar!
      Beijos

      Excluir
  3. Eu absolutamente amei esse livro, lindo demais <3.
    Só o final que foi triste, mas fazer o que?! Não poderia ter sido diferente.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu terminei este livro e fiquei sem ação, foi um final emocionante e de deixar qualquer um de queixo caído, a história toda mexe conosco. Recomendo sem dúvidas.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oi, Li!
    Ah, to vendo que vou ter que comprar esse livro logo!
    Só vejo pessoas favoritando esse livro e falando super bem. Realmente, a história deve ser linda e deve te fazer refletir sobre a vida. Vou comprá-lo na primeira oportunidade que tiver hehe

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayssa,
      Leia! É a única coisa te digo! rs
      Beijos

      Excluir
  6. ahhh Acho a capa tão fofinha, quero ver se leio. Adorei a postagem :)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Sou doida pra ler esse livro, mas não sei se estou preparada psicologicamente. Sua resenha me deixou com mais vontade em ler, você conseguiu passar cada emoção que sentiu na leitura. Bjos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia!
      Uma coisa eu te digo, se prepare, porque o livro é intenso!
      Beijos

      Excluir
  8. Sempre vejo resenhas muito positivas sobre esse livro, mas não tenho muita vontade de ler. Não faz o meu estilo de leitura.

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito bom! Mas se não faz seu estilo de leitura...rs
      Beijos

      Excluir
  9. E eu desejando ler esse livro antes de começar a gravação do filme çç

    Amei a resenha!!

    Beijos da Di *-*

    Parte de Minha História

    ResponderExcluir
  10. Ai, adorei! Eu sempre tive vontade de ler, confesso que atraída pela capa fofa. Achei que se tratasse apenas de um romance, mas pela sua resenha vi que tem uma monte de outras coisas por trás.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Carla. É uma história bem intensa!
      Beijos

      Excluir
  11. Adorei sua resenha!! To a um tempao desejando esse livro xD

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ai gente... meu coração já ficou apertado só de ler a resenha!
    Eu fico na dúvida porque geralmente me envolvo muito com os livros e já choro litros invariavelmente com qualquer coisa...

    Ana P.M. ♛ Queen Reader - Venha conhecer o Castelo!
    http://booksandcrowns.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma dica, Ana.. se prepare psicologicamente para lê-lo, esse é um livro bastante intenso e lindo demais!
      Beijos

      Excluir
  13. Ei Li, ótima resenha!
    Quero muito ler esse livro há um tempinho já, a história parece ser muito emocionante.
    Beijos!
    Monomaníacas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Thayná!
      É sim, muito emocionante!
      Beijos

      Excluir
  14. Que lindo! Um livro emocionante. Lembrei daquele filme "Os intocáveis".

    A resenha ficou muito boa.

    meupedepagina.blogdpot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Li!
    Nossa esse livro me parece pesado e denso, sua resenha me instigou a pensar em lê-lo, mas como você diz na resenha foi avisada, mas se tratando desse livro avisos não são o suficiente.
    Beijocas!
    www.nadasimples.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é tudo, Mi!
      Com certeza um dos meus favoritos.. mas se for ler, prepare-se! rs
      Beijos

      Excluir
  16. Olá Aline.
    Sempre tive muita vontade de ler este livro ainda mais com tudo que falam sobre ele. Depois desta sua resenha então, senti ainda maior a necessidade de lê-lo rs. Espero gostar como todos rs.
    Abraços.

    https://cantodelivros.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  17. Ahhhh, esse livro! *0*

    Impossível não se emocionar com a história. A leitura é muito prazerosa e cativante. Chorei muito,

    talvez até mais que em ACEDE. :'(

    Preciso dele na minha estante, na época li em formato e-book.

    Parabéns pela resenha! =)

    ResponderExcluir
  18. Oi Li!
    Eu ainda não li este livro e por ter se tornado tão modinha fico um pouco receosa, mas todo mundo fala super bem do livro que eu tenho que ler.
    Preciso dele!!
    Beijos!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Esse livro está no meu coração, enraizado profundamente.
    ps. Amo seus quotes, sempre.

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade