quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014
57

[RESENHA DUPLA] Deixe a Inglaterra Tremer - Sávio Lopes

Lido em: Fevereiro/2014
Título: Deixe a Inglaterra Tremer
Autor: Sávio Lopes
Editora: Novo Século
Categoria: Literatura Nacional / Biografias e Memórias
Ano: 2013
Páginas: 216
ISBN: 9788542801026
Skoob
Ótimo!




Sinopse: Embalado pelo ritmo frenético das letras das canções de rock alternativo que antecipam cada passagem do livro, “Deixe a Inglaterra Tremer” é o retrato de como Londres se tornou um polo multicultural nos últimos anos. Nosso narrador constrói e desconstrói diversos estereótipos culturais ao longo dos quatro meses em que esteve lá. Demonstra o processo de adaptação do jovem amargo que era quando chegou à cidade, nos levando à experiência do amadurecimento pessoal que somente a vida numa cidade repleta de possibilidades pode proporcionar. O contato com estrangeiros de todas as partes do mundo, o intercâmbio cultural – nem sempre amigável e bem-sucedido –, as amizades nascidas do sentimento em comum de se estar “sozinho no meio da multidão”, as reflexões acerca da própria vida diante de realidades tão diferentes à primeira vista. Tudo isso transforma o livro numa explosão quase tão multifacetada quanto a própria vida na antiga Londres do novo século.

Biografia: Sávio Lopes nasceu em 1989 em Minas Gerais. Aos quatro anos de idade, mudou-se para a Bélgica, onde passou a maior parte de sua infância. Voltou ao Brasil e em 2011 se graduou em Jornalismo pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Em 2012, iniciou o mestrado em Letras pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Pesquisador da literatura produzida por Jack Kerouac e da chamada Geração Beat, Sávio Lopes incorporou em sua obra elementos que acompanharam sua formação. “Deixe a Inglaterra Tremer” é seu romance de estreia, inspirado pelas experiências que vivenciou em seu curto, mas intenso, período morando em Londres, entre 2009 e 2010.

Livro cedido em cortesia pelo autor.
À princípio o que mais me chamou a atenção no livro foi a capa, depois li a sinopse e achei bastante interessante, não via a hora de chegar para poder ler.

“Chegando ao aeroporto, fiquei um pouco confuso e om medo de surtar ao me dar conta de que estava sozinho em outro país. O medo era mais da minha própria reação do que da situação em sim.” Pág. 14

“Não quis pensar nem na distância física em que estava daquele que amava; não era como estar em outra cidade, pegar o ônibus e revê-los algumas horas depois – era outro continente, o outro lado do mundo.” Pág. 27

Narrado em primeira pessoa por um estudante acadêmico que foi fazer intercâmbio em Londres, Deixe a Inglaterra Tremer foi insipirado pelas experiências do autor quando fez intercâmbio entre 2009 e 2010.
O livro é uma verdadeira viagem para Londres. A riqueza de detalhes fez com que, cada lugar que o personagem visitava, se tornasse visível aos olhos do leitor. Era como se estivéssemos ali presente, vivenciando tudo.

“(...) Era impressionante como as ruas eram limpas e as casas bem-acabas naquele lugar; jamais vi uma casa malcuidada. Adicionado ao efeito dado pelo véu da neblina, era algo inspirador e quase poético.” Pág. 33

Experiências, impressões, preconceito, saudade, enfim, todas as dificuldades enfrentadas quando se vai para um país diferente, são muito bem descritas no livro. O que mais me chamou a atenção foi o choque entre culturas, as diferentes maneiras de pensar, o que acredito que tenha tornado a experiência mais rica. Pela visão do personagem vemos o lado bom e o ruim de Londres, e com uma pitada de humor, várias partes me fizeram rir.

“(...) Em Londres, mais do que em qualquer outro lugar em que já estive, as pessoas lhe dão valor proporcional ao que você se dá. Não importa o quanto você seja bonito ou inteligente, por exemplo. Se não se sentir como tal, não será tratado da maneira devida. Naquele primeiro mês, estava me sentindo um lixo, por isso era tratado como tal.” Pág. 82

“O fato é que era um grande aprendizado, mas ao mesmo tempo um grande desafio, conviver com um grupo tão heterogêneo. Tínhamos que ser pacientes e cuidadosos.” Pág. 161

“(...) Era um salão espaçoso, e à frente havia um balcão de formato arredondado onde havia uma secretária elegante, com um cabelo que parecia uma samambaia e um microfone/fone de ouvido que se encaixava no rosto. Tinha cara de arrogante. Parecia estar se sentindo a Madonna com aquele microfone.” Pág. 35

“Sentimo-nos as Spice Girls no clipe de Wannabe, causando alvoroço na alta sociedade britânica.” Pág. 119

Capítulos pequenos, o que torna a leitura rápida. Cada capítulo se inicia com um trecho de uma música. No final do livro, tem todos os trechos traduzidos. Adorei encontrar Florence+ The Machine, Alanis Morissette, Adele, The Smiths, KT Tunstall, que gosto bastante. E as que não conhecia, procurei conhecer, e gostei bastante. Um ótimo livro, com uma ótima trilha sonora!

Uma curiosidade é que não sabemos o nome do nosso narrador. O autor nos dá poucas informações sobre o personagem, o foco principal, ao meu ver, está nas impressões que ele tem do país, o que torna a narrativa bem pessoal, como um diário. Acredito que a falta do nome faça com que seja possível maior identificação do leitor, como foi o meu caso. Em muitas situações, creio que agiria exatamente igual à ele. Essa característica deixou o livro mais intimista.

“Naquele mês, eu também comecei a sentir uma das melhores sensações de estar em um país diferente, a sensação de que o mundo é grande e repleto de oportunidades.” Pág. 116

“(...) Enfim percebi o quanto a cidade havia me mudado e me feito amadurecer. Só era uma pena que, quanto mais eu me adaptava a Londres, mais se aproximava a data da minha partida.” Pág. 195

 “(...) Senti  que aqueles meses foram ao mesmo tempo doces e amargos, um período que havia passado muito rápido.” Pág. 208

Escrita leve, fluída e minuciosa. Capa linda, páginas amareladas e fonte em bom tamanho, o que torna a leitura agradável. Ótima diagramação. Parabéns à Editora Novo Século!

Sonha em conhecer a Inglaterra? Pensa em fazer intercâmbio? Quer recordar momentos vividos em Londres? É apreciador de boa música? Esse livro é para todos. 

“- Não adianta ansiarmos por uma época que já passou ou repudiar as diferentes etnias que aqui existem. Eu vim de fora, assim como vocês, e assim o país muda e se renova. Deixe a Inglaterra tremer, mudar e se tornar cada vez mais um país singular.” Pág. 202

O livro me surpreendeu de forma positiva, pois foi além do que eu esperava.
Agradeço ao autor pela oportunidade de ler sua obra.
Mais do que recomendado!







Deixe a Inglaterra Tremer é um livro muito bacana. Como se fosse um diário de bordo, o livro é narrado em primeira pessoa, onde o personagem principal conta as suas experiências enquanto fazia um intercâmbio em Londres, pelo período de quatro meses.
O jovem rapaz chega na cidade cinza sem conhecer muito sobre sua cultura, e aos poucos vai se acostumando com o lugar, com as pessoas e com o modo de viver dos Londrinos.
O livro é muito detalhado, principalmente sobre os aspectos físicos da cidade. Parece que dá pra ver direitinho as casas nos estilos vitorianos, os museus, as lindas  paisagens, os famosos Pubs ingleses,o contraste entre a antiguidade e a modernidade.
O convívio do personagem com pessoas de vários países, na minha opinião, foi o ponto mais importante dessa história. O choque cultural, a dificuldade em fazer amizades, o racismo contra estrangeiros, a dificuldade para se arranjar um emprego... nada fácil permanecer em um país estranho. Mas a persistência e a vontade do aprendizado ajudam a superar todas as dificuldades. 

E duas curiosidades me chamaram a atenção. 

A primeira foi que o Natal londrino é diferente do nosso.

"Foi quando eu entendi. Na Inglaterra se comemora o Natal e se faz a ceia no dia 25; a véspera é um dia comum, como outro qualquer. Como no Brasil fazemos a ceia na véspera e muitas vezes chegamos a aguardar a madrugada para a virada do Natal, imaginei que ali fosse igual. Mas devia ter me informado melhor." Pág. 82

A segunda, foi que em Londres, os negros, ao contrário do que acontece em nosso país, sentem muito orgulho de sua origem étnica. 
As mulheres negras são super vaidosas, muito mais do que a maioria das londrinas brancas, que são muito desleixadas.Por estarem em solo europeu, de etnia branca, me impressionou. Fico feliz por não se sentirem excluídos e discriminados. 

"Enquanto eu esperava ser atendido, comecei a pensar sobre a representatividade dos negros em Londres. Diferente do Brasil,  ali eles adotaram um orgulho muito grande de suas origens étnicas. Fiquei muito admirado.As mulheres negras gostavam de exaltar sua descendência africana. Ao invés de alisarem os cabelos,  faziam muitas tranças ou deixavam o cabelo crespo e volumoso, estilo black power. Nesses meses que passei em Londres,  notei que, se fosse para hierarquizar,  diria que as mulheres negras eram muito mais vaidosas do que as brancas. Algumas brancas - não todas - faziam o estereótipo de mulher européia desleixada com a aparência,  cabelos mal presos em coques, unhas por fazer e nenhuma maquiagem.Já a maioria as negras saía para trabalhar parecendo a Rihanna. Cabelos e roupas ousadas, maquiagem bem-feita, e unhas grandes e com cores fortes. Essas andavam com pose de superestrela; eu chega invejar a autoestima delas, já que a minha andava bem baixa." Pág. 91

Por essas e outras coisas que gostei demais desse livro!
Apesar das dificuldades de adaptação, dá até vontade de fazer um intercâmbio! O choque cultural pode ser muito válido, tanto para o conhecimento quanto para o amadurecimento pessoal.

A capa do livro é super bacana, linguagem simples, com páginas amareladas que tornam a leitura super agradável, e a diagramação é muito boa! Parabéns à Novo Século Editora! 

Super recomendo, e ainda mais para quem está pensando em fazer algum tipo de intercâmbio! 

Beijokas =)




57 comentários:

  1. Como é maravilhoso a arte de ler... Pois nos faz viajar a diversos ambientes em sair do lugar... De poder sentir, por meio da leitura, as emoções que o autor por meio de sua experiencia nos passa! Amei o livro!!! Pena que estou correndo na faculdade... Mas será uma boa pedida para as minhas férias do meio de ano :D
    beijos
    Ariana Silva
    http://ariabooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E esse livro é uma verdadeira viagem para Londres, Ariana!
      Leia, você vai gostar!
      Beijos

      Excluir
  2. Caramba, adorei essa resenha dupla!
    Mas gostei ainda mais do livro, viajar para Londres é um sonho mesmo. Quero muito ler o livro - adoro histórias assim - e pretendo lê-lo assim que o encontrar. Parece ser incrível!
    Beijos, Lery. :D
    http://lerissakunzler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lery!
      Se não me engano na Saraiva On Line tem!
      Você vai adorar!
      Beijos

      Excluir
  3. Ameeeei flor, mt boa as resenhas ;)
    To seguindo aqui e curti a fan Page flor, pode retribui?
    Blog: http://ingridegoes.blogspot.com.br/
    Fan page: http://goo.gl/hNmEGx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Vou retribuir, sim! =)
      Beijos

      Excluir
    2. Obrigada Maya!
      Seguindo já flor!!
      Beijão!!

      Excluir
  4. E resenha dupla fiou ótima!
    O livro é muito bom! Prova de que o brasil possui escritores capacitados.

    meupedepagina.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Igor!
      Com certeza, o Brasil tem muitos escritores sensacionais!
      Beijos

      Excluir
    2. Obrigada!!!
      Realmente, o Brasil tem muitos escritores muito bons!!!
      Beijão!

      Excluir
  5. Adorei as dicas de leitura.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser bom, também chamou minha atenção pela capa e pela sinopse, gostei da resenha fiquei com vontade de ler esse livro.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Adorei as resenhas, meninas! Vi a capa deste livro em algum lugar estes dias e fiquei muito curiosa para lê-lo. Agora sinto que preciso, até porque um dos meus sonhos é viajar para Londres e um dia fazer intercâmbio!

    Um beijo!
    Doce Sabor dos Livros - Aguardo sua visita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim Jeni,ainda mais se pretende fazer intercâmbio!

      Beijão!

      Excluir
  8. Tô de olho nesse livro desde que vi o anúncio da parceria aqui. Adoro quando os autores trazem referências musicais e gosto de todas que a Aline disse fazerem parte do livro. Preciso ler!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  9. Oie lindonas!
    Eu li as duas resenhas e apesar de formas diferentes de escrita, as opinião foram parecidas! Gostei bastante e me deixou com vontade de ler o livro!
    Parabéns para as duas!
    Beijos
    Ps: [ Novidades Internacionais] O Super livro Louca Por Você da Série After Dark da Autora Nacional AC Meyer agora está internacional!
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/02/novidades-internacionais-o-super-livro.html

    ResponderExcluir
  10. Parece bom, apesar de super forte né?
    Dá uma passadinha?
    http://comportamentorosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Amei as resenhas, por elas, deu para sentir Londres mais perto.
    Tenho muita vontade de conhecer a cidade, e esse livro me despertou ainda mais.

    Parabéns, meninas.

    Bjim, Tammy.

    Livreando
    Faça-nos uma visita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É super detalhado,dá muita vontade mesmo de conhecer a cidade!
      Beijão

      Excluir
  12. Adorei as resenhas meninas!
    Conheci o blog agora... e vocês também são de Ribeirão Preto? o/ Que coincidência!
    Sucesso para vocês!

    Já estou seguindo, siga de volta?
    Beijos,
    Marcela.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcela!
      Que legal que você também é daqui de Ribeirão! =)
      Sucesso para você também!
      Beijos

      Excluir
    2. Que bacana Marcela!!Sucesso pra nós!!
      Beijão!

      Excluir
  13. A Capa é linda! Adorei as duas resenhas. Bjos.
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi! Como vai/vão?
    Já tinha visto o livro no catálogo da Novos Talentos da Literatura Brasileira. O título e a capa, por si sós, tinham me chamado a atenção, entretanto eu fui ler a sinopse e não me identifiquei muito. Acho que o estilo "diário de bordo" não serve para mim, embora seja bastante interessante. Bem legal essa cultura diferente, a questão da ceia ser no dia 25 - o que, para nós, é estranho - e etc. Gosto muito da Inglaterra, mas ultimamente tenho preguiça de ler sobre, sei lá hahah A arquitetura é maravilhosa! Gostaria de ver como o autor a retratou.
    Beijos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karol!
      Apesar de ser tipo diário de bordo, é escrito de uma maneira diferente, acho que você iria gostar!
      Beijos

      Excluir
    2. Também acho que iria gostar Karol!
      Beijos!

      Excluir
  15. Adorei as duas resenhas! O livro parece ser divertido, e deve deixar com mais vontade de conhecer Londres. Adorei as quotes, principalmente a das Spice Girls ^^

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?

    Que resenha completa... Adorei

    Já havia lido uma resenha sobre esse livro, e adorei, mas a sua, simplesmente me deu a certeza que eu precisava pra ir atrás desse livro.

    Adoro quando os livros trazem bastantes detalhes dos lugares... Amo viajar em minha imaginação, imaginando como seria se eu estivesse no lugar do personagem :)

    Seguindo seu blog, amei!

    Se puder retribuir, eu ficaria mega feliz...

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Parece bem legal :)
    Catrine - leitorasdechocolate.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Já vi tanta gente falando bem desse livro que quero me matar para ter ele LOGO!

    Ana P.M. ♛ Queen Reader - Venha conhecer o Castelo!
    http://booksandcrowns.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi, meninas!
    Ah, esse livro deve ser para alguém que, como eu, mooorre de vontade de fazer intercâmbio. Fiquei com bastante vontade de ler esse livro, porque com certeza esclarece muitas dúvidas que temos com relação à costumes e culturas de Londres. Essa do Natal ser comemorado no dia 25 eu sabia por causa do Harry Potter, já que eles sempre comemoravam o Natal no dia 25 mesmo.
    Ótimas resenhas para o que parece ser um ótimo livro.

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rayssa!
      Leia, você vai gostar!
      Beijos

      Excluir
    2. Eu não sabia desse lance do Natal rs. É muito bom conhecer outros costumes,outras culturas né?
      Leia que vale a pena!
      Beijão!

      Excluir
  20. Eu estou louca para ler esse livro, sua resenha só me deixou com mais vontade de comprar ele hvjhvjhvjh

    ResponderExcluir
  21. Oi Li e Lu!
    Eu quero muito ler este livro!! Parece ser tão bom!! E fora que a capa é perfeita!! Fiquei super curiosa!!
    Já foi pra minha listinha e pretendo ler em breve!!
    Beijocas!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Publicidade