quinta-feira, 23 de julho de 2015
16

[RESENHA DUPLA] O Caminho Certo - Ana Martines

Lido em: Julho/2015
Título: O Caminho Certo
Autor: Ana Martines
Editora: Independente
Categoria: Literatura Nacional / New Adult
Ano: 2015
Páginas: 230
ISBN: B00UIPWJCO
Onde comprar: Amazon
Skoob
Favorito!




Sinopse: Até onde a morte pode mudar a vida de uma pessoa? Paloma sempre teve tudo o que quis, até ver ser mundo desmoronar no dia em que sua mãe comete suicídio. Na longa busca pela superação conhece Ricardo, um rapaz intenso, pronto para virar sua vida de cabeça para baixo. Ela é mimada, ele não quer entregar seu coração novamente. No entanto, ambos carregam cicatrizes do que já viveram. Um romance trágico e improvável. Qual será o caminho certo?
Um grande amor é capaz de curar um coração partido?

Biografia: Uma blogueira de 18 anos que cursa Linguística na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e está finalmente seguindo seus sonhos. Apaixonada por romances, principalmente aqueles em que o casal não se suporta, Ana Martines estreia sua vida de escritora com o New Adult O Caminho Certo, torcendo para que este seja o início de uma longa carreira. Sonhadora, sistemática e desastrada, sabe que tem um longo caminho a percorrer, mas acima de tudo sabe que está no certo.

*E-book cedido em parceria com a autora.

O Caminho Certo é o livro 1 da série Caminhos.

Paloma está completando dezoito anos, animada, não via a hora de o grande dia chegar. O dia em que ganharia sua liberdade, o dia em que finalmente não precisaria mais usar sua identidade falsa para entrar nas baladas. O que ela não esperava era encontrar sua mãe morta. Ela cometeu suicídio. Com um pai ausente e insensível, que resolve viajar mesmo a esposa tendo acabado de falecer, deixa Paloma sozinha, apenas na companhia dos empregados da casa. Perdida, acaba passando dias trancada no quarto da mãe, chorando, sem entender o motivo do suicídio, e sem saber que rumo dar a sua vida. Ela acaba encontrando em Miguel, um aluno da mesma faculdade que ela, um amigo, e através dele, conhece Ricardo, seu irmão, que irá vira seu mundo de cabeça para baixo.


"Afastei-me, enxugando as lágrimas que insistiam em escorrer, tentando fingir que nada havia acontecido. Tentando fingir que estava bem, que era forte. No entanto, não tinha nem forças para fingir mais." Pág. 14


"(...) Seus olhos azuis não saíam da minha mente, o sorriso de lado... Tentei desvendá-lo, entendê-lo, mas jamais seria capaz. Era misterioso demais para a minha sanidade, e ficar perdendo tempo com hipóteses não ajudava em nada." Pág. 42


"Sequer sabia quais eram as minhas opções. Não sabia o que queria para a vida ou o que faria com a mesma. Estava mais perdida do que nunca, e desejei ter um muro para subir. Quando você está em cima do muro, tem dois lados para cair. Duas opções para seguir, logo ali, na sua frente, te esperando para tomar a decisão. No momento, me sentia enterrada junto com minha mãe. Não tinha para onde ir. A saída não era visível." Pág. 67


Para Paloma aparência é tudo. Ela é arrogante, prepotente, metida e só pensa em coisas fúteis. Quando comecei a ler o livro, foi ódio à primeira vista. Mas, ao decorrer da história, passando por diversas situações, Paloma vai amadurecendo e vendo o que realmente importa na vida. Seu amadurecimento acontece de forma gradativa, o que torna a história ainda mais próxima da realidade. Acredito que o que faz um bom autor é o quanto ele consegue nos fazer odiar ou amar um personagem de acordo com sua personalidade e características, tanto positivas quanto negativas, e isso Ana soube fazer muito bem. De ódio a amor, Paloma soube me despertar os mais profundos sentimentos, raiva, tristeza, angústia e por fim me agradou bastante por todas as mudanças que passou.

Ricardo é do tipo que não se envolve, quer saber apenas de ficar com as garotas, por uma noite ou duas, e só. Fechado em seus conflitos internos, não permite se envolver, nem sentir. Não se importava com ninguém, só com o irmão, Miguel.
Paloma e Ricardo, ambos machucados, ambos com histórias tristes de vida. Apesar de parecerem gato e rato, o envolvimento acontece, e caberá a eles se permitirem viver o sentimento e aprenderem a lidar um com o outro.


"O vazio ainda existe. A sensação de que algo está faltando... Só não o sinto quando Ricardo está por perto. Quando passa os braços ao meu redor na cama ou sorri para mim. Qualquer sorriso... Até aquele silencioso. Aquele que não chega até a sua boca, mas que é transmitido pelo olhar, dizendo que tudo vai ficar bem. Ele faz com que me esqueça do vazio..." Pág. 125


"São os momentos que Paloma sorri que mais fixam na minha memória. Seu sorriso trás o meu à tona, mesmo agora quando não passa de uma lembrança. Seu sorriso, tão raro e simples, é capaz de fazer com que queira voltar correndo para casa somente para vê-lo uma vez mais." Pág. 126


Personagens marcantes e bem construídos: Olívia, mãe de Paloma, boa e preocupada com a filha; Maurício, pai de Paloma, cretino insensível; Fernando, trabalha com a família há muito tempo, acaba se tornando um pai para Paloma; Miguel, amigo e atencioso; Lorel, melhor amiga de balada, daquelas que só serve de companhia para festas e nada mais; Marina, amiga inseparável de Miguel, descolada e divertida, acaba se tornando amiga de Paloma.

Narrado em primeira pessoa, tanto pelo ponto de vista de Paloma quanto de Ricardo, o que possibilitou entender todas as atitudes tomadas por eles, por mais que eu não concordasse com muitas delas. Ana soube desenvolver um enredo intenso, marcado por situações de perda, conhecimento e superação. 

A história me conquistou de tal maneira que a cada acontecimento eu sofria junto com Paloma, ou vibrava quando algo de bom acontecia. Me fez sorrir, me fez chorar, despertou as mais diversas sensações. Com certeza se tornou um de meus favoritos. Mais uma excelente obra nacional!

 Super recomendado!

Book Trailer



Beijos. ;)







Sabe aquele ditado popular "desgraça pouca é bobagem"? É assim que eu defino este livro.
A primeira coisa que pensei quando li a primeira página foi "puta merda, essa personagem vai ser um pé no saco". Descrição de uma garota completamente arrogante, metida, superficial e muito mimada!


"Ao olhar no espelho, não senti que algo tivesse mudado. Tudo parecia a mesma coisa. A mesma garota com os cabelos loiros me encarava do outro lado, com a expressão já conhecida: aquela que conseguia tudo o que queria. Para mim, aparência era tudo. Não consigo imaginar minha vida sem todas as coisas que já ganhei com um simples sorriso de lado, e não vejo problema nenhum em ser assim. (...) Dizem que nunca podemos ter tudo na vida. Bom, estou aqui para provar o contrário. Nasci com tudo e, aos meus dezoito anos, continuo tendo tudo." Pág. 4


Fiquei com vontade de dar uns tapas na cara dessa garota! Só que ela nem imaginava que esse seu "mundo perfeito" estava prestes a desmoronar. Não, eu não dei uns tapas nela (falta de vontade não foi hahaha), mas a vida deu. Um verdadeiro soco. E eu desmoronei junto com ela...(sim, já comecei a chorar!)
Uma verdadeira tragédia aconteceu. Fiquei muito chateada e com dó da garota.  A partir disso, torci para que a personagem não continuasse tão arrogante como pareceu. Minha torcida deu certo! (ainda bem rs)

A estória é narrada em primeira pessoa, a princípio, por Paloma, que é a personagem principal.
Enquanto ela tenta recolher os pedaços que restaram, aparece em sua vida Miguel (que se torna seu amigo), e seu irmão Ricardo (suspiros).
Miguel é um fofo. Se aproximou  dela sem interesse nenhum, somente queria conhecê- la e acabou se tornando muito importante na vida dela.
E o Ricardo...ah...tão despedaçado quanto ela. Machucado pela vida, botava banca de durão, mas no fundo era uma pessoa maravilhosa (e lindo, de olhos azuis e tatuado).


""Ele era a única pessoa que não me culpava. Ou, ao menos, não me olhava com aquele olhar de "você destruiu a minha vida" como muitos já olharam. Sim, todos estes olhares já foram direcionados a mim, tudo por causa de uma noite trágica. Uma noite que mudou os cinco anos seguintes a ela e provavelmente o resto das nossas vidas." Pág. 20


Eis que surge outro personagem principal. 
A narrativa então se alterna entre a visão de Paloma e Ricardo.
Meu pré-conceito sobre a Paloma foi pelo ralo. A coitada era na verdade uma vítima da própria vida que ela achava ser perfeita.
A gente se engana demais. Aparecem os sinais de que algo está errado e muitas vezes não queremos enxergar. Tampamos o sol com a peneira, como dizia minha avó. 
Foi assim com a Paloma, aconteceu comigo e tenho certeza que acontece com a maioria das pessoas.
Ao ler eu pensava "putz, comigo foi assim também","não é possível que estou lendo isso", "preciso fazer igual a Paloma e dar um jeito na vida".
Me identifiquei com tanta coisa...fiquei muito mexida. Tocou em uma ferida minha rs.
A vida não é um conto de fadas e dinheiro não pode comprar tudo.
Vocês vão entender o que estou falando quando lerem o livro. 

Além da Paloma, Ricardo e Miguel, o livro tem os seguintes personagens:

Olivia - mãe da Paloma
Maurício - pai da Paloma
Fernando - motorista e amigo protetor da Paloma
Lorel - "amiga" de balada da Paloma
Evandro - tio do Miguel e do Ricardo
Marina - melhor amiga do Miguel

Me apaixonei pelo casal (claro!) e pelo Miguel também. Mas meu personagem favorito é o Fernando. Que alma boa! Pensei até que ele fosse pai da Paloma, pela forma que ele trata e zela por ela. E antes fosse mesmo. Aliás,  eu detestei o pai dela, o Maurício. Pessoa nojenta! 

Toda vez que eu pensava estar tudo se resolvendo, pah! Lá vinha outra cacetada! Isso é um veneno para uma pessoa extremamente ansiosa como eu!

A leitura foi bem tranquila,  linguagem super fácil e bem clara. Adorei a maneira como foi escrita. A autora soube desenrolar a trama muito bem, me deixando presa a leitura.
Só senti dificuldade para ler as cartas que Olivia escreveu para Paloma. Achei a letra muito intrincada, bem complicada para ler. Do restante, gostei de tudo. 
Ana, você está de parabéns! 

Confesso ter ficado um pouco travada para escrever essa resenha. Era tanta coisa para contar, e eu não queria dar spoilers rs.
E nem preciso falar que eu amei o livro e super recomendo. É lindo demais!
Preparem o coração! 
Espero que todos façam uma boa leitura e que gostem tanto quanto eu!

Beijokas e até a próxima! 














16 comentários:

  1. Olá!
    Adorei esse post...muito legal mesmo ler ao mesmo tempo duas resenhas do mesmo livro e ainda positivamente!
    Nossa parece um livro muito emocionante e real!
    Adoro livros assim, que a gente consegue se envolver por inteiro, senti o que os personagens estão sentindo, passando...
    Que vontade de ler!
    Parabéns Li e Lu!
    Lindo dia para vcs!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  2. Achei bem legal duas resenhas de um mesmo livro e pelo que parece, Paloma pode me conquistar. Meu principal receio com o livro era a personagem principal, pois eu não suporto pessoas mimadas e temia que ela não evoluísse, mas eis que a autora mandou esse medo embora.
    Parece ser um livro emocionante e como fiquei curiosa quanto a evolução da personagem, acho que darei uma chance ao livro.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Eu não suporto personagem chato e eu precisaria ter força para continuar a leitura e ver o amadurecimento de Paloma (se eu lesse o livro claro kk), vi que é uma história e tanto mas não me agradou tanto assim, fico feliz que os autores nacionais estão no caminho certo para o sucesso e isso desejo para Ana daqui pra frente <3
    Doce final de semana *-*
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. Meninas, quase senti fogo saindo dessa resenha lendo vocês falarem da Paloma! hahaha E pior que eu fiquei pensando "acho qeu essa também seria a miinha reação". Tem uns personagens que eu tenho vontade de mergulhar no livro e sair o arrastando pelos cabelos até a vida real só para lhes dar uma lição de moral e uns bons tabefes pra aprender a ser decente.

    Ando sem poder dar muita atenção a ebooks, mas quem saber um dia eu não consiga conhecer a história da Paloma, né?

    Beijos!
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua resenha!
    Adorooo um livro de romance, e quando comecei lendo sua resenha já pensei, eu preciso ler esse livro, adorei saber que é um livro que desperta diversas emoções no leitor e que faz a gente torcer pra protagonista, adicionei em minha lista de leitura e pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  6. To achando muito legal essa onda de escritores brasileiros! A internet no final virou um bom reduto para novas descoberta literárias! Adorei a resenha, esse livro parece ser um daqueles com uma historia fantástica que nos cativa do inicio ao fim e assim como você já sei que vou chorar horrores! kkk
    Abçs!

    ResponderExcluir
  7. Olha eu sinceramente tenho que confessar que a cada dia que passa eu vejo mais livros nacionais sendo resenhados pelos blogs e isso tá ficando uma loucura, porque a gente não consegue comprar tudo que tem né? Eu queria muito conseguir um kindle justamente para poder ler esses ebooks, mas até lá ainda tenho tempo. Mas eu gostei bastante da sua resenha. Me parece ser um livro muito bom e envolvente. Estou bastante curiosa com alguns ebooks que tenho visto e esse ai é um deles.
    Já tinha ouvido falar e tenho visto ótimos comentários.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-o-para-sempre-de-ella-e-micha.html

    ResponderExcluir
  8. Oiie
    MEU DEUS DO CÉU - que resenha é essa????
    Juro para você que você me fez ficar LOUCA por esse livro. Que história é essa meu Deus?
    Eu amo livros onde os personagens são pessoas de histórias sofridas. Fiquei muito curiosa para conhecer cada personagem melhor.
    Amei amei e amei sua resenha. Parabéns de verdade.
    Será que já tem o livro em versão físico? Eu não leio e-book :(
    bjs

    ResponderExcluir
  9. O livro em si não me atraiu muito, mas sua resenha está maravilhosa! Queria ler mais liros com essa premissa, mas eu não consigo. :( Que bom que você leu e gostou!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi meninas,
    Quanto tempo que não leio resenha dupla de vocês. Adoro conhecer o ponto de vista de vocês duas. *-*
    Eu nunca tinha ouvido falar da autora, nem do livro, mas adoro um new adult e, claro, me interessei. História de dor e amor estão sempre no topo de bestsellers, porque o público se identifica com isso, com o drama e o amor que cura feridas. Também gosto de ver desenvolvimento da protagonista, já que de cara eu quase sempre odeio a mocinha HAHA' Acho que eu também entraria no time das que odeiam Paloma (no começo) porque ''ewww, ligar só para aparência, para né miga, tá feio!' UAHUSHAUSHAUHAUSHU <3 Duas ótimas resenhas, lindas *00*

    Beijos,
    Mari Siqueira
    Love Lovers Blog

    ResponderExcluir
  11. Já conhecia o livro pelo blog da Ana e fiquei morrendo de curiosidade para fazer a leitura assim que soube do lançamento. Acho que a protagonista vai me irritar por conta do jeito dela, mas como gosto de acompanhar o crescimento dos personagens, aposto que isso mudará com o tempo. Amei as resenhas!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi, meninas!
    Também não teria gostado da Paloma no início da história - esse primeiro trecho que você colocou sobre ela me despertou um antagonismo de cara pela personagem, Lu - mas com seu amadurecimento acredito que a leitura fique mais agradável de se ler. A perda que a Paloma sofreu... Nossa, se eu fosse ler com certeza também acabaria chorando...
    Não gosto muito de livros narrados em primeira pessoa, mas se ele é narrado pelo casal protagonista, já tá valendo pra mim.
    Até hoje não li nenhum livro desse gênero, quem sabe eu não comece por esse, pois depois dessa resenha dupla fiquei mega interessada nesse livro! Amei a resenha de ambas.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  13. Oi meninas, tudo bem?
    Legal ver resenha dupla novamente por aqui, faz tempo que não via!
    Fico feliz que ambas tenham gostado da leitura! Eu achei a premissa interessante embora pelo que li da resenha a personagem parece ser um pouco chata, mas pelo visto a vida ensinou algumas coisas pra ela ao decorrer da história.

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  14. Ah, tem cartas da Olívia pra Paloma! Prevejo muitas e muitas lágrimas nessa parte, pena que algo que merece destaque tenha uma fonte diferente que acabe prejudicando a leitura. E que bom que a Paloma amadurece, e que tem o Fernando para olhar por ela, porque esse cretino insensível do pai dela realmente ninguém merece. Não consigo nem pensar no assunto de alguém próximo a mim se matando, há menos de uma semana a esposa de um colega de trabalho fez isso, e gente, como a pessoa fica destruída. Não consigo nem imaginar encarar essa dor.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Senti pena por Paloma ter perdido uma pessoa tão querida no dia do próprio aniversario. Acho que quando ela conhece Ricardo, ela vê nele uma forma de cicatrizar as feridas, pelo menos é o que mim aqui acha.

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Gostei da resenha ela me deixou interessada no livro de cara já fiquei com raiva do pai da Paloma e acho que a Ana soube criar uma personagem que algo longo do livro ira nos surpreender !!!

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, 36 anos, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, 31 anos, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade