segunda-feira, 18 de abril de 2016
27

[RESENHA] Os Humanos - Matt Haig

Lido em: Abril/2016
Título: Os Humanos
Autor: Matt Haig
Editora: Jangada
Gênero: Romance / Ficção Científica
Ano: 2016
Páginas: 312
ISBN: 9788555390371
Onde comprar: Submarino  ||  Saraiva
Skoob



Sinopse: Quando um visitante extraterrestre chega à Terra, suas primeiras impressões da espécie humana são pouco positivas. Ao assumir a forma do professor Andrew Martin, da Universidade de Cambridge, o visitante está ansioso por cumprir a tarefa macabra que lhe foi incumbida e voltar rapidamente para seu planeta. Ele se sente enojado pela aparência dos humanos, pelo que eles comem e por sua capacidade de matar e guerrear. Mas, à medida que o tempo passa, ele começa a perceber que pode haver mais coisas nessa espécie do que havia pensado. Disfarçado de Martin, ele cria laços com sua família e começa a ver esperança e beleza na imperfeição humana, o que o faz questionar a missão que o levou à Terra.

Biografia: MATT HAIG nasceu em Sheffield, na Inglaterra, em 1975. Ele escreve livros adultos e infantis, frequentemente mesclando, com um toque sutil, os mundos da realidade doméstica e da mais absoluta fantasia. Seus romances mais famosos já foram traduzidos em 28 idiomas. Ele também é um premiado escritor de livros infantis. O jornal The Guardian descreveu seu texto como "deliciosamente estranho", e o New York Times o chamou de "romancista de grande talento", cuja narrativa é "engraçada, fascinante e comovente". Atualmente, Matt mora em York e Londres. 

*Livro cedido em parceria com a Editora.


A imperfeição e o encanto de ser humano.

Um extraterrestre chega à Terra com uma missão. Para isso ele irá assumir a forma de Andrew Martin, que foi abduzido.
Sua impressão sobre os humanos é péssima, tudo o incomoda, desde a aparência até suas crenças e atitudes.
Quando inicia sua missão, conforme vai desvendando os humanos, quanto mais coisas descobre, mais enojado fica. Dono de uma frieza e isento de sentimentos, uma das características de seu planeta, ele faz o que tiver que fazer para alcançar seu objetivo e voltar para seu planeta Vonadoria.
Mas ele não contava que fosse acabar criando laços com a família de Martin e que isso fosse mudar totalmente sua visão sobre os humanos e sua missão.

"(...) Comidas dentro de embalagens. Corpos dentro de roupas. Indiferença por trás do sorriso. Tudo era escondido." (p. 25)

"- Então amar é encontrar a pessoa certa para machucar você?
- Basicamente.
- Isso não tem sentido.
- "Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura." Alguém escreveu isso." (p. 55)

O extraterrestre, que no início sentia tanta repulsa pelos humanos, com a convivência, começa a enxergar o lado bom de ser humano, mesmo com tantos defeitos. E aos poucos vai vivenciando todas as etapas da vida de um humano, desde a ingenuidade de uma criança descobrindo coisas novas à confusão de um adulto tentando lidar com as mais diversas situações. Ele é inteligente, sarcástico e crítico. Sem dúvida é um personagem curioso e encantador.

"(...) Ao pensar na nuvem, ansiava pela gota de chuva." (p. 299)

Andrew Martin era um renomado professor da Universidade de Cambridge. Inteligente e talentoso só se preocupava com trabalho, prêmios, reconhecimento e dinheiro, deixando a família sempre em segundo lugar. Quando o extraterrestre assume seu lugar, as mudanças na personalidade são notadas por todos, principalmente pela esposa e o filho.

Isobel, esposa de Andrew; Gulliver, filho; Ari, melhor amigo; e o cachorro Newton, são os personagens secundários que mais aparecem durante a trama. O que mais me agradou, foi Gulliver, um personagem complexo e um dos mais afetados pela presença do extraterrestre.

Narrado em primeira pessoa por um personagem sem nome, o livro é dividido em três partes: Parte I - Assumi as rédeas do meu poder; Parte II - Segurei uma joia em minhas mãos; Parte III - O cervo ferido salta mais alto. Com capítulos curtos, a leitura flui rapidamente.
Matt Haig construiu um enredo belíssimo, com sacadas geniais, cheio de reflexões e muito humor. Com uma narrativa cativante, o autor nos conduz pela história, como se fôssemos o próprio extraterrestre descobrindo os humanos nos redescobrindo. A trama e a narrativa foram tão bem construídas, que a imparcialidade e percepções do personagem faz com que pareça realmente como se um extraterrestre estivesse narrando a história.

"(...) Eu ria de mim mesmo. O fato impossível de eu estar ali, no planeta mais absurdo do universo, e ainda por cima gostando disso. E senti a necessidade de dizer a alguém como era bom, na forma humana, rir. A liberação do riso." (. 172)

"Não existia uma coisa impossível. Eu sabia disso porque também sabia que tudo era impossível, portanto as únicas possibilidades na vida eram as impossibilidades." (p. 189)

Dor, medo, agonia, vingança, esperança, amor... O extraterrestre vivencia diversas experiências e sentimentos.
Uma história leve, divertida e ao mesmo tempo, intensa, que nos faz pensar, questionar e relembrar coisas que podem estar esquecidas dentro de nós. Os Humanos mexe com o emocional e possibilita um outro ponto de vista de nós mesmos.

Sem deixar nenhuma ponta solta, o autor fecha a história com chave de ouro, nos presenteando com um final emocionante.

No livro são citados escritores como Walt Whitman, Emily Dickinson e Shakespeare, e músicas de Beach Boys, David Bowie, Beatles, Prince, entre outros.

A capa é linda e a diagramação com folhas amareladas, fonte em bom tamanho e ótimo espaçamento e revisão.




Mais do que recomendado!

Beijos. ;)
http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/2016/04/top-comentarista-18-abril2016.html










27 comentários:

  1. Extraterrestres não são um tema muito falado em livros, achei interessante esse livro ter uma premissa que os mostre e os transforme em alguém que vive entre nós, bom saber o que as pessoas que não estão acostumados com essa vida acham da Terra, que é muito louca e confusa mas ao mesmo tempo pode se transformar em alegria, pena que o personagem tenha tido azar e encontrado pessoas frias, que não lhe dessem vontade de aproveitar a terra, um lançamento curioso e que desejo muito

    ResponderExcluir
  2. Acho que se os humanos conhecessem os extraterrestres(se é que existe) seria a mesma coisa, achando defeito em tudo, não concordando com os modos e sentindo repulsa, acho que é só uma visão contrária, gostei disso. Além de pensarmos sobre nossos atos no qual o mesmo tanto julga.
    Opa, se tem Shakespeare e Beatles eu já amei hahaha.
    Enfim, não conhecia esse livro mas achei lindoo, essa capa está simplesmente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A, só não entendi o por que de ter um cachorro nela, mas acredito que isso descobrimos lendo o livro.

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é bem interessante. Não vou negar que minha opinião é bem parecida com esse ET viu.. O ser humano tem cada ação que é pra deixar a gente, da própria espécie, envergonhado. A capa é realmente linda. Eu adoro as estrelas.
    Minha curiosidade é: quais são os pontos positivos que o fazem mudar de ideia. Deve ser uma leitura intrigante.
    Boa noite !

    ResponderExcluir
  4. Olá, Li.
    Adoro livros que nos fazem pensar, então, acho que gostaria bastante da obra.
    Achei genial a sacada de pegar um extraterrestre para nos fazer analisar o comportamento humano. Afinal, olhar de fora para analisar a humanidade certamente deve render bons ensinamentos.
    Sem dúvidas, um livro que eu quero ler.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de abril. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  5. Sou uma fã incondicional do universo dos extraterrestres. Simplesmente amo. Um livro narrado pelo ponto de vista deles seria incrível!!!!
    Alienígena isento de sentimentos?
    ELE É UM DALEK!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Li!
    Desde que li a sinopse de Os Humanos pela primeira vez não me interessei pelo livro e confesso que ao ler sua resenha e saber um pouco mais sobre a história contínuo não me interessado, mas deve ser muito bacana acompanhar o extraterrestre descobrindo os humanos...
    Ps: amei os quotes, principalmente os dois primeiros.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Eu já tinha adicionado esse livro na minha lista desde que vi o seu lançamento e a primeira coisa que me chamou atenção foi o título, e depois foi a premissa, que além de criativa é muito inovadora. Deve ser muito interessante acompanhar a narrativa que o extraterreste faz da visão que ele tem do nosso mundo, e toda a sua mudança de opinião. Gostei bastante de saber que podemos encontrar uma pitada de humor nesse livro, e fiquei super curiosa em relação ao final da história. Acho que esse livro nos tras grandes reflexões, e nos possibilita nos enxergar através de outros olhos.
    Adorei, e vou tentar adiantar nas leituras, beijo!

    ResponderExcluir
  8. Olha eu nunca li uma ficção científica, mas ,depois dessa resenha, tenho certeza de que lerei um em breve, visto que , Os Humanos me chamou muito atenção. Além da história parecer ser mto interessante e fora do comum, a capa é maravilhosa .Esse vai para a lista de desejados.

    www.emcadapagina.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bom?
    Não costumo ler nada de ficção científica nem de extraterrestres, mas, sua resenha ficou tão boa que tive vontade de ler esse livro! O cachorro da capa tem alguma relação com a história? rs Amei as referências citadas no livro, tipo Beatles <3 Enfim! Parabéns pela resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi Li,
    Que história interessante a desse livro. Como muitas vezes não valorizamos as coisas certas né?
    Adorei a dica!
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, Aline.
    Quando vi esse livro nos lançamentos, fiquei bastante interessada. Acho muito legal isso, nós enxergarmos o ser humano sob o ponto de vista de alguém de fora. É um livro que entra para minha lista.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Olá, Aline.
    Quando vi esse livro nos lançamentos, fiquei bastante interessada. Acho muito legal isso, nós enxergarmos o ser humano sob o ponto de vista de alguém de fora. É um livro que entra para minha lista.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Oi Aline eu amei a sinopse desse livro achei a historia super diferente de tudo que já li, me interessei muito pelo livro por causa disso nunca li nada de extraterrestre, e o livro parece ser incrivel com uma leitura leve que parece prender o leitor, já coloquei na minha lista de leitura e sua resenha esta maravilhosa bjs.

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito da sua resenha, é a primeira que vejo dessa obra que estou namorando a um tempinho já, acredito que seja uma história excelente e até para debatermos. Fiquei meio assim em relação ao cachorro, deve ser companheiro ou passa alguma mensagem durante a leitura?
    Beijoss

    ResponderExcluir
  15. esse livro me ganhou só pela resumo. parece um livro que faz com que reflitamos as nossas atitudes e como vivemos. achei interessante ser narrado em primeira pessoa por um personagem sem nome, tipo normalmente seria pelo personagem principal.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito da resenha.
    O livro parece ter uma boa narrativa, interessante essa interação humano e extraterrestre.
    A história é um gênero diferente de tudo o que hoje ali isso é que a torna especial já sei amiga acerta com quem vou dividir essa leitura espero gostar e desfrutar dessa obra uma boa noite.

    ResponderExcluir
  17. Parem com essas resenhas que me fazem chorar de desespero pra ter o livro!!!!
    Brincadeira =P
    Meu senhor, que livro é esse! Outra resenha que me deixa louca pra ter em mãos e ver se é tão gostoso de ler, tão bonito e inteligente como estão dizendo. Adorei a ideia e já de sinopse deu aquela vontade de ler. Ver mais só piora isso xD
    Preciso!

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Desde que eu vi esse livro fiquei curiosa para conhecer a história. Lendo a sua resenha parece uma crítica aos seres humanos. Hoje em dia a maldade impera e a maldade se tornou algo surpreendente. Gostei muito do contexto e agora com certeza vou ler.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Quero muito ler esse livro ainda. Não sabia que ele ainda por cima era reflexivo. Fiquei ainda mais curiosa. Gostei de ver sua opinião e que aprovou o livro. Adoro leituras com um toque de leveza e intensidade ao mesmo tempo. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  20. Oi amada! Saudade do seu cantinho!!!!
    Adoro os livros da Jangada, só não solicitei esse pq sou muito chata com livros de extraterrestres, não consigo gostar deles, mas fiquei mexido com sua resenha! Beijos

    ResponderExcluir
  21. Liiii, ameei sua resenha. Noossa um livro que fala do ponto de vista dos extraterrestre sobre nós? Muuito interansste e nos dá uma perspectiva diferente sobre nós mesmos. Noossa, serio!! Queria esse livro nas minhas novas aquisições !!
    Beijos Li

    ResponderExcluir
  22. Já na capa o livro me chamou a atenção por causa do cachorro, sou a louca dos animais kkkk ainda não tinha parado para ver do que esse livro se tratava mas agora que sei acho que vou gostar da leitura. Até que essa ideia de um extraterrestre vir p Terra e se fingir de humano não é muito nova mas esse me parece ser um livro que você acaba se envolvendo com os personagens, e deve ter o seu diferencial. Parece um filme que eu já vi, só não estou me lembrando do nome.

    ResponderExcluir
  23. Amo livros de extraterrestres!! Li poucos, mas os que li amei. Esse ainda não conhecia,mas achei a capa lindíssima, e pela sua resenha deu pra perceber que é aquele livro viciante, que nos faz refletir muitooooo e rever vários conceitos.
    Anotado aqui!!
    bjos

    ResponderExcluir
  24. Nossa! Adoro livros de ficção cientifica e assim que soube desse livro fiquei doida pra ler. A capa é linda e a premissa muito boa, eu sei que vou amar e com certeza muitas coisas a se pensar vao acontecer!

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Esse foi um livro que logo que vi no lançamento ele me chamou atenção, achei a historia diferente e interessante, principalmente como por meio desse alien o autor acaba nos fazendo refletir, parece ser uma leitura envolvente e com personagens bem construídos, se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
  26. Desde o lançamento que estou bem curiosa para ler esse livro. Ele tem cara de ser ótimo, apesar de que eu não sou muito de ler livros com alienígenas, esse realmente me chamou a atenção.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  27. No geral, o livro é bem interessante. Adoro livros que fogem dos tradicionais personagens e enredos e tenho certeza de que irei gostar de fazer a leitura deste, não só por ter uma nova espécie em nosso meio, mas também por se iniciar uma batalha devido á esta missão do alienígena de destruir todas as provas de sua existência. Com uma narrativa assim, deixa qualquer leitor intrigado!

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, 36 anos, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, 31 anos, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade