sexta-feira, 13 de maio de 2016
26

[RESENHANDO CONTOS] Um Toque de Solidão - Danilo Barbosa

Lido em: Maio/2016
Título: Um toque de solidão
Autor: Danilo Barbosa
Editora: Amazon
Categoria: Literatura Nacional / Contos
Ano: 2014
Páginas: 34
ISBN: B00I3QKYMC
Onde comprar: Amazon
Ótimo!












Narrado em terceira pessoa, Um toque de solidão conta a história de Bento. Um nerd que se casou com uma tatuadora, mas que vê seu casamento chegar ao fim por conta dos compromissos profissionais de ambos e a falta de tempo para o relacionamento.
Inconformado e sem ter feito nada para tentar salvar seu casamento, Bento vive cada vez mais recluso em sua casa, preso em seu trabalho e em sua própria solidão. Até que um dia, um estranho acontecimento o faz "acordar para a vida" e ver tudo que estava deixando ir embora, sem nem ao menos lutar.

"Excesso de amor traz consequências... De solidão também."

Bento é o típido nerd, alto, magrelo e viciado em tecnologia; Ariel, tatuadora, é baixinha e gordinha, se veste estilo pin up, o oposto de Bento. Mesmo contra todas as possibilidades se aproximaram, se apaixonaram e se casaram. "Os opostos se atraem", não é o que dizem?
Aliás, foi inevitável não lembrar da música Eduardo e Mônica, de Legião Urbana. Acho que tem tudo a ver com o casal do conto. :)

Em poucas páginas Danilo conseguiu desenvolver uma história surpreendente e profunda, com personagens cativantes e plausíveis.
Um toque de solidão é um maravilhoso conto, onde o autor conduz a história com a maestria, nos levando a reflexões profundas sobre a nossa própria solidão. Um verdadeiro tapa na cara, que nos mostra como muitas vezes ficamos tão perdidos em nosso mundinho virtual e particular e nos esquecemos do essencial.

O conto foi o meu primeiro contato com a escrita do autor, e só tenho elogios. Muito bem escrito, revisão impecável e narrativa envolvente e instigante.



Super recomendo!

Beijos.











26 comentários:

  1. Achei bem interessante a premissa do livro, um nerd com uma tatuadora, normalmente é ao contrário que se vê né, o homem fazendo o papel de bad boy e a mulher sendo a mocinha. Acho que vou gostar desse conto. É por ser rápido de ler, me chamou mais ainda a atenção.

    ResponderExcluir
  2. Não sou de ler muitos contos mas me interessei bastante, fiquei curiosa para saber mais sobre Bento, um personagens que parece ter sido bem construído, me interessei e muito pela escrita desse autor

    ResponderExcluir
  3. É impressionante que com tão poucas páginas, o autor conseguiu desenvolver bem a estória e construiu bem os personagens. Adoro leituras que nos remete a reflexão e ter uma narrativa envolvente e instigante como vc mesma disse é um bônus a mais. Fiquei no mínimo instigada em conhecer o trabalho desse autor.
    Abraço!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Li!
    Um nerd e uma tatuadora, achei interessante, gosto de histórias onde os protagonistas são opostos, também me agrada o tema "crise no casamento"... Não tinha ouvido falar do Danilo Barbosa mas acredito que vou gostar de ler Um toque de solidão. Valeu pela dica.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Que assunto perfeito! Imagina o quanto isso não acontece na vida real? Casais que se apaixonam, mas a rotina da vida acaba mudando tudo. Achei super interessante! Irei procurar sobre.. Amo ler fantasias, mas nada como encarar uma história da realidade de vez em quando. Beijos, lindona!

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Não tinha ouvido falar dele ainda e nem costumo ler contos. Achei bem legal que em, apenas, 34 páginas ele criou um boa estória com bons personagens e com um final também, tem gente que com uma série não consegue isso, rs. Gosto quando um livro (ou um conto) lida com problemas reais, isso torna os personagens mais reais.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Li.
    Não sou muito fã de ler contos porque a gente se apega e ele acaba hehe. mas me interessei em ler esse principalmente porque os protagonistas não são bem o padrão que os protagonistas costumam ser.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Muito legal sua resenha e por ser um conto com 34 páginas, deve ser bem rapidinho de se ler e pra ter te deixado tão envolvida o autor deve ter uma escrita bem interessante e fiquei bem curiosa.

    ResponderExcluir
  9. É raro eu ler contos mas ,devo admitir, que a premissa desse me chamou bastante atenção. Um enredo bem diferente dos que estou acostumada a ler ,mas que traz um tema que gisto muito: relacionamentos.

    www.emcadapágina.com

    ResponderExcluir
  10. É difícil eu ler contos, são muito curtos e gosto que a historia se desenvolva mais rs. Mas fiquei curiosa com esse pelo casal ser diferente e a protagonista não ser uma beldade, como costumam colocar.

    ResponderExcluir
  11. Pouquíssimas paginas mesmo. Isso me fez ficar ainda mais intrigada em cono o autor conseguiu montar essa historia. Deve ser divertido e ao mesmo tempo bem reflexivo ;)

    ResponderExcluir
  12. Oi florzinha! O livro é suuuuper lindo, recomendo! E o tema é super bem desenvolvido de uma forma leve, que não tem como não tocar. Ainda não li A Vez Da Minha Vida, embora tenha muita vontade, ele está na "pequena" lista para ler ainda! rsrsrsrs.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Achei o conto bem bacana! Espero ler em breve para ver o que aconteceu com Bento para ele acordar para a vida!

    ResponderExcluir
  14. Oi Li!
    Gostei bastante do conto, ele diferente dos livro que já tem um estereótipo de personagens principais acho que foi uma boa jogada do autor isso, personagens principais que fogem do óbvio.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Olá, Li.
    Gostei da premissa do conto e da fuga dos esteriótipos consagrados. Isso já faz a possibilidade de eu ler a obra aumentar consideravelmente.
    Excelente dica.


    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  16. eu não conhecia o autor, contos são legais pq são curtinhos, mas dá para ter uma ideia de como é a escrita do autor.
    bem "eduardo e mônica" mesmo né? um nerd + uma tatuadora
    olhar as promos da amazon para ver se eu tenho oportunidade de ler

    ResponderExcluir
  17. Uma boa dica pra quer quer uma história curta e etc. Achei interessante a ideia de nerd e tatuadora, mas não sei se leria =/

    ResponderExcluir
  18. Oi Aline.
    Os opostos se atraem com certeza, amei a resenha o livro tem uma premissa muito interessante, apesar de um tanto que clichê, gosto muito de livros com essa temática, fiquei muito curiosa para ler, o nosso mocinho nerd acordar o

    ResponderExcluir
  19. Olá. Se tiver oportunidade, gostaria de ler esse conto. Parece bem interessante e deixa uma curiosidade no ar. Não conhecia o autor. Valeu pela dica. Abraços.

    ResponderExcluir
  20. Não curto muito conto. Quando é ruim sempre acho que poderia melhorar e quando é bom fico sempre querendo mais. A mistura de nerd e tatuadora chamou minha atenção. Apesar de não ler muitos contos leria este somente porque você disse que o autor consegue em tão poucas linas levar o leitor a uma reflexão.

    ResponderExcluir
  21. Olá, Li.
    Eu conheci o Danilo pessoalmente em um evento que teve aqui em SP no começo do ano. Tenho vontade de ler alguma coisa dele e começar por esse conto não seria má ideia, afinal, gostei da premissa e fiquei curiosa.

    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  22. Eu adorei os seus comentários sobre esse conto. Eu gosto muito desse gênero, mas infelizmente não leio tanto quanto eu gostaria :/
    Adorei o fato do Bento e da Ariel serem completamente diferentes e estou curiosa pra saber como o autor conseguiu trabalhar isso. E amei saber que Um toque de Solidão lembra a música Eduardo e Mônica, mais um motivo pra eu ler <3

    ResponderExcluir
  23. Não costumo ler muitos contos, justamente pq são curtos e eu costumo me apegar aos personagens.. mas fiquei curiosa com essa história, pois tbm acho a música Eduardo e Monica muito fofa S2

    ResponderExcluir
  24. Que legal!! Ameei!!
    Amooo livros que nos mostram como o essencial para ser feliz na vida está nas coisas simples, que muitas vezes não valorizamos.
    Vou querer conferir esse conto, com certeza! E torço muito para que o Bento e a Ariel tenha um final feliz.
    bjss
    elvisgatao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Ainda não conhecia esse conto, mas gostei muito da historia, achei bem interessante as reflexões que o livro acaba nos fazendo e já na resenha também pensei na em Eduardo e Mônica, me deixou ainda mais interessada nessa historia, se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, 36 anos, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, 31 anos, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade