segunda-feira, 21 de março de 2016
18

[RESENHA] Filha da Profecia - Juliet Marillier

Lido em: Março/2016
Título: Filha da Profecia
Autor: Juliet Marillier
Editora: Butterfly
Categoria: Literatura Fantástica
Ano: 2014
Páginas: 640
ISBN: 9788583030058
Onde comprar: Submarino  ||  Saraiva
Skoob



Sinopse: A história de Fainne, criada pelo pai, Ciarán, em uma terra distante. Ao se tornar adolescente, ela é visitada pela avó, a malévola feiticeira Lady Oonagh, que a obriga a embarcar em uma terrível missão: infiltrar-se na família, em Sevenwaters, e impedir que seu tio Sean e seus aliados reconquistem as Ilhas sagradas – invadidas há gerações pelos escandinavos.
Educada pelo pai usando seus dons de magia para o bem, ela, no entanto, agora se vê forçada a usar de artimanhas e maldade para atingir os objetivos de vingança de sua avó.

Biografia: Juliet Marillier nasceu na cidade de Dunedin na Nova Zelândia. Cresceu neste cidade, estudou na escola Arthur Street Primary e Otago Girls' High School, depois foi para a Universidade de Otago se formando em Bacharelado em Música.
Ela cresceu ouvindo história sobre a cultura e musica celta, o que influenciaria nas sua obras. Seu primeiro livro foi "Daughter of the Forest" (A filha da floresta), dando inicio à série Sevenwaters.
Mãe de duas filhas e de dois filhos, vive atualmente na região de Perth, na Austrália

*Livro cedido em parceria com a Editora.

Filha da Profecia é o terceiro livro da Trilogia Sevenwaters. Confira as resenhas dos dois primeiros livros: Filha da Floresta e Filho das Sombras.

Filha da Profecia se passa dezoito anos após Filho das Sombras, segundo livro da série.
Fainne é uma adolescente de quinze anos que mora em Kerry com Ciarán, seu pai, em um local afastado, chamado Honeycomb, uma espécie de caverna. Desde criança, seu pai, que é feiticeiro, lhe ensinou os segredos da magia. Acostumada à vida simples e solitária que levava, tendo como companhia somente o pai e seu amigo de temporada Darragh, um viajante que acampava todo verão próximo ao Honeycomb, Fainne vivia feliz, apesar de seu isolamento. Ela vê sua vida virar de cabeça para baixo quando é enviada para Sevenwaters, onde vive a família de sua mãe. Chantageada pela avó, a feiticeira Lady Oonagh, que a obriga a impedir a reconquista das Ilhas Sagradas. Então, Fainne se encontra em uma casa distante de onde morava, com pessoas desconhecidas, outros costumes e forçada a agir contra tudo que seu pai lhe ensinou, tudo por conta da vingança de Lady Oonagh. Assim a história se desenvolve.

Diferente dos dois primeiros livros, onde temos duas protagonistas fortes e corajosas, Sorcha e Liadan, em Filha da Profecia, a protagonista é Fainne, uma personagem complexa, um tanto confusa e indecisa. Não sabe se segue o caminho do bem ou do mal, e tem que lidar o tempo todo com seus medos e dúvidas. Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista da protagonista, a autora conseguiu mostrar todos os conflitos internos vividos pela personagem e todas as lições que aprendeu diante de suas escolhas. Fainne, que no começo é uma adolescente fraca e manipulável, adquire confiança no decorrer da história, e no final se mostra forte e decidida. Sem dúvida uma personagem interessante e muito bem construída.


"(...) Como pude acreditar que teria forças para desafiá-la? Como pude acreditar que poderia escolher meu caminho; que  poderia seguir em direção à luz apesar de estar cercada de tantas trevas? Não havia escolha para mim. Nunca houve." (p. 292)

"(...) você não saberá o quanto tem a perder até que perca de verdade." (p. 327)

"(...) Dentro de mim havia um turbilhão de emoções conflitantes, mas principalmente medo." (p. 383)

Meu personagem favorito é Darragh. Amigo de infância de Fainne, a chamava de "Cachinhos" e sempre quis protegê-la, estava ao seu lado e fazia tudo por ela. Um lindo! ♥

O romance não é o foco da história, mas gostei muito da maneira inocente como se desenvolveu, sem atitudes forçadas, apenas aconteceu, naturalmente.

Personagens secundários com personalidade marcantes, deixaram a trama ainda mais interessante: Lady Oonagh está de volta, mais cruel do que nunca; Finbar, Conor, Ciarán, Liadan, Sean e Bran, também estão de volta, com sua inteligência e sabedoria; e Eammon, com seu ódio e revolta. Entre os novos personagens, merecem destaque Johnny, primo de Fainne, filho de Liadan e BranMuirrin, Coll, Maeve e Sibeal, primos de Fainne, entre outros. E por último, mas não menos importante, os Seres da Floresta e os Fomhoire, com seus ensinamentos enigmáticos.

"(...) É preciso arriscar de vez em quando. Não se vence o inimigo sem se expor ao perigo." (p. 398)

Pense em uma escritora que consegue escrever mais de seiscentas páginas sem fazer com que a narrativa fique cansativa em nenhum momento, Juliet Marillier tem esse dom. Ela nos faz viver a história. A autora desenvolve a trama de maneira única, explorando a fundo a personalidade dos personagens e seus dilemas pessoais, e instigando cada vez mais o leitor a descobrir os mistérios da história.  Assim como os outros livros, a história tem como plano de fundo a mitologia celta e a história se passa na Irlanda e parte na Bretanha.

Druidas, feiticeiros, seres mágicos, maldições e profecias fazem de Filha da Profecia uma história envolvente e apaixonante, repleta de ensinamentos e reflexões.

"(...) Mas chegará o momento em que até as árvores mais frondosas cairão diante do machado para ampliar as terras, as torres e os muros dos homens. Eles creem, em sua ignorância, que podem dominar a terra e os oceanos. Destruirão o corpo da terra que lhes deu a vida. Não sabem o que fazem." (p. 601)


Com um desfecho surpreendente e emocionante, sem deixar pontas soltas, Juliet Marillier fechou a trilogia com chave de ouro e me conquistou mais uma vez com sua escrita simples e cativante.
A série conta ainda com uma segunda trilogia, o primeiro livro é Herdeiro de Sevenwaters, que estou ansiosíssima para ler.

A capa é belíssima e a linda edição, que segue a mesma linha dos livros anteriores, com páginas amareladas, ótima fonte e espaçamento, mapa, folhas decoradas no início dos capítulos e revisão impecável, mostra o capricho da Editora.








Super recomendo!

Beijos. ;)
http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/2016/03/top-comentarista-17-marco2016.html









Livro 3 do desafio I Dare You. 
Tema de Março: +300 páginas.








18 comentários:

  1. Li ''Filha da floresta'' e amei, essa autora é incrível e a história é boa, fiquei com medo que os outros livros não fossem tão bons, mas pela resenha acho que são sim, ansiosa para ler ''Filho das sombras'' e esse 3°

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline, eu não conhecia essa trilogia, eu amei a sinopse do livro pela sua resenha a historia parece ser incrivel amo livro que tenham como tema magia, feiticeiros etc e o livro é lindo já coloquei na minha lista de leitura obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia tanto a trilogia, quanto a autora. Mas por meio desse post, adorei saber que Juliet consegue fazer com que a história não seja cansativa, mesmo com tantas páginas.
    Também me encantei pela capa, pelos mapas e pelas folhas. *--* Mal posso esperar para conseguir adquirir um exemplar.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Li!
    Confesso que não gostei da personalidade da protagonista, tantas dúvidas, medos e indecisões da parte de Fainne faz com que eu acredite que não curtirei tanto Filha da Profecia, mesmo sabendo que ela melhora no final... Mas como pretendo ler os outros dois livros anteriores não deixarei de ler Filha da Profecia, sem falar que me agrada saber que mesmo com mais de seiscentas páginas a narrativa não fica em nenhum momento cansativa...
    Ps 1: Sério que a série conta com uma segunda trilogia?! Bom saber, e é claro que já fiquei curiosa rsrs.
    Ps 2 : a capa é mesmo belíssima, e a edição tá mesmo muito linda!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Li.
    Não li os livros anteriores, mas acredito que vou acabar gostando menos do terceiro livro por causa da personalidade da protagonista. Se tem algo que eu admiro nos personagens é a personalidade forte e decidida.
    Por outro lado, o fato da autora escrever muito (em quantidade) sem deixar que a escrita fique cansativa me agrada. São raros os autores com esse dom.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  6. Não sabia nada a respeito dessa série, me parece deliciosa de se ler e bem ao meu estilo! Gosto do modo como a personagem cresce durante a trama, quando saímos do nosso refúgio ficamos mais vulneráveis e confusas, mas temos que lidar a prender com isso!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Nossa que livrão kkk. Já tinha lido outras críticas muito positivas sobre a trilogia também. A edição é linda mesmo! Eu pessoalmente adoro livros com mapas, faz com que eu me sinta localizada no meio da história. Ótima resenha, se tiver oportunidade lerei com certeza.

    ResponderExcluir
  8. Eu sou louca por esses livros! Tenho muita curiosidade em lê-los mas ainda não tive a oportunidade de comprar nenhum deles, infelizmente. D: Pretendo fazer isso em breve, porque só leio críticas muito positivas sobre a escrita da Juliet! O número de páginas assusta mesmo, ainda mais por saber que tem mais de um, a gente sempre fica com medo de que o enredo se arraste demais, né? Eu ando fugindo de trilogias e séries nos últimos anos, prefiro "filhos únicos" atualmente, mas tem diversos títulos novos que eu não consigo ignorar!

    ResponderExcluir
  9. Minha primeira e única compra desse ano foi A Filha da Floresta que queria muito, mas ainda não tive tempo de ler rs. Agora quero os outros. Me desanimei com essa personagem que é fraca, mas depois me animei sabendo que ela se torna forte no decorrer do livro. E adorei saber que o romance surge naturalmente assim que é romântico, nada daqueles romances apressados que mal se conhecem e já estão se atracando rs. Adoro também quando os livros nos passam ensinamentos e reflexões, pelo visto ele é tudo de bom.

    ResponderExcluir
  10. Parece que vale mesmo a pena conferir essas histórias e o desfecho tem jeito de ser bom e satisfatório. Tinha visto anunciando o outro livro livro mas não entendi se era uma continuação ou o que. Pelo menos agora deu pra saber que é outro mas ainda dá série. Pensando se leio, acho que vale a pena.

    ResponderExcluir
  11. eu estou louca para ler esse trilogia, tinha visto o lançamento do quarto livro e não tinha entendido o que era, agora eu sei, é uma nova série no mesmo mundo.
    fiquei super feliz em saber que o desfecho é ótimo, afinal depois de ler 3 livros é bom q seja
    definitivamente, vai p minha lista

    ResponderExcluir
  12. Já tinha visto sobre essa trilogia, mas nunca li nada, gosto muito de fantasia e gostei muito da resenha, acho que seria uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  13. Confesso que esse livro não me chama tanto a atenção assim. Quem sabe, em breve, não dou uma chance a série, né? Quero conhecer mais sobre a Fainne.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Quero muito ler a Trilogia Sevenwaters, até agora gostei muito das historias dos primeiros livros e com esse não foi diferente, acho bem interessante essa passagem de tempo de um livro para o outro e uma coisa que achei interessante nesse foi termos uma protagonista diferente e principalmente indecisa em qual caminho seguir !!

    ResponderExcluir
  15. Fiquei um pouco confusa, acho que por ser a primeira vez que vejo falar dessa série, você citou um ponto que eu gosto muito no livro, que é quando o romance se desenvolve de maneira natural, sem dar ao livro, uma idéia de que o autor ou nesse caso autora, estar forçando um romance entre os personagens.
    Vou com certeza considerar essa leitura, espero gostar.

    ResponderExcluir
  16. Eu ainda não conhecia essa trilogia, mas fiquei bastante curiosa. Eu não costumo ler muito fantasia, já que não são muitos livros que eu gosto, mas estou tentando ler cada vez mais. Gostei muito da premissa do livro e eu adoro personagens femininas fortes. E a parte gráfica desse livro está de parabéns!!! Adorei, beijo!

    ResponderExcluir
  17. Eu estou LOOOUCA para ler essa trilogia!!!
    Ameeei demais as resenhas, as capas e a história de cada livro parece muito bem traçada, envolvente e com elementos conquistadores!!
    Preciso urgentemente!! Mas nunca encontro em promo =(
    bjoos

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, 36 anos, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, 31 anos, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade