segunda-feira, 7 de março de 2016
20

[RESENHA] Marianas: A Civilização dos Sonhos - E. Chérri Filho

Lido em: Março/2016
Título: Marianas: A Civilização dos Sonhos
Autor: E. Chérri Filho
Editora: Giostri
Categoria: Literatura Nacional / Fantasia
Ano: 2015
Páginas: 192
ISBN: 9788581085517
Onde comprar: Livraria Cultura
Skoob



Sinopse: O extraordinário amor entre um homem e uma sereia nasce e enfrenta grandes dificuldades em meio à disputa de poder no fundo dos mares, numa civilização amiga cuja existência é negada ou escondida pelos livros de História. Jeremy e Licia operam um no outro grandes transformações de pensamentos e sentimentos, em razão do que vivem, inusitado, intenso e sincero. Embarque com eles nesta viagem da qual certamente você não voltará o mesmo.

Biografia: E. Chérri Filho nasceu em São Paulo. Jornalista e escritor, é autor de diversos romances e do roteiro de um documentário sobre o grupo musical Mamonas Assassinas. Trabalhou em veículos de comunicação em Washington, D. C. (Estados Unidos) e em Trento (Itália). Atuou como roteirista junto ao apresentador Fausto Silva e ao diretor de TV Roberto Manzoni, o “Magrão”, no SBT.

*Livro cedido em parceria com o autor.


Qual é o seu lugar dos sonhos?

Jeremy é cientista e pesquisador marítimo. Desde pequeno sempre foi apaixonado pelo mar e seus encantos, sendo muitas vezes menosprezado pelas colegas de escola, professores e pessoas próximas, por conta de sua fixação com o mar.  Isso fez com que se tornasse um adulto solitário, de poucos amigos.
Financiado por Renato Franchi, amigo e empresário que conheceu em um seminário sobre vidas marítimas, ele parte em seu barco para uma expedição nas Ilhas Marianas, a fim de encontrar a civilização dos sonhos. Já no local, em uma das madrugadas em que resolve mergulhar, Jeremy acaba indo além do seu limite e quase morre no fundo do mar, porém é salvo por uma linda sereia chamada Licia, que o leva para sua cidade nas profundezas do mar. Quando acorda, está em uma espécie de aquário gigante no fundo do mar, e mal pode acreditar no que seus olhos veem, tudo que ele sempre buscou estava diante de seus olhos. A partir de então ele começa a conhecer pouco a pouco a história daquele povo que tanto desejou encontrar.

"(...) Sempre insatisfeito, incompleto. Procurei tantas vezes me sentir inteiro. Aprendi coisas novas, estudei muito, viajei, conheci lugares lindos. Mas nunca, nada que tenha visto ou tocado se compara ao que estou vivendo agora. Por favor! Prefiro um dia apenas aqui com vocês que mil anos vivendo o que eu vivi até chegar aqui. Não tirem isso de mim!"

"- (...) temos uma vida perfeita demais para um mundo no oceano imperfeito demais. Até quando iremos ou iríamos acreditar que o mundo é azul? Esquecemos de que o mundo também é vermelho (...)."

Jeremy é determinado e nunca deixou que as pessoas o afetassem com sua descrença nas coisas que ele mais acreditava. Intuitivo, sempre seguiu suas intuições. É um personagem único, que largou tudo para viver seu sonho.

Licia é uma sereia da espécie ariata azul. É uma das líderes de seu povo. Atenciosa, inteligente e delicada, não pensou duas vezes ao salvar Jeremy, mesmo que isso pudesse lhe causar grandes problemas. Bastante impulsiva, muitas vezes se colocou em perigo por conta de sua impulsividade.

O envolvimento entre os dois é inevitável e acontece de forma avassaladora, como se estivessem destinados um ao outro. O amor de Licia e Jeremy é encantador e lindo de se ver.

"Jeremy tomou-a em seus braços e a beijou. Licia se entregou àquele beijo apaixonado como nunca se entregara a ninguém em sua vida. Numa sala meio escura, a espera de uma sentença, dois corações pulsavam na mesma intensidade. Já estavam aprisionados pelo amor. Nada poderia separá-los. Nem mesmo a distância de seus mundos."

"- (...) Muitas vezes, aproveitamos pouco o que temos de melhor em nossas vidas. Somente quando o perdemos é que percebemos a distância em que vivíamos dele. Tão perto e tão longe..." 

"(...) Mas sempre existe no mundo uma pessoa à espera de outra,
seja no meio do deserto, seja no meio das grandes cidades.
E quando essas pessoas se cruzam e seus olhos se encontram,
todo o passado e todo o futuro perdem a importância e só
existe aquele momento."
 
Mas a história vai além do romance, uma intensa disputa de poder ocasiona uma guerra que mobiliza os sete mares, criando momentos de tensão e ansiedade, não só nos personagens, mas em mim também.

"(...) Mesmo sendo dono de tudo, não poderia dominar e nem administrar tudo. O muito que tinha já não era suficiente para ele e seus vermes. Correu atrás do nada, conquistando nada para si e deixando nada para ninguém."

Personagens secundários muito bem caracterizados enriqueceram ainda mais a história criada pelo autor: Gléssios, irmão de Licia; Bella, amiga de Licia; Netuno, maior autoridade dos mares; Zorguin, líder dos ariatas vermelhos, inimigo dos ariatas azuis; e muitos outros.

Com narrativa em terceira pessoa, o autor conseguiu nos levar para dentro da história, vivenciando todas as emoções e explorando o mundo criado por ele. Com uma escrita minuciosa, mas sem se tornar enfadonha, E. Chérri Filho se preocupou em explicar detalhadamente todo o funcionamento da cidade dos sonhos e também todas as características de cada criatura por ele apresentada, e o melhor de tudo, ele não explica tudo de uma vez, vai explicando conforme a história vai se desenvolvendo, o que é muito bom, pois evitou que a leitura ficasse lenta ou cansativa. Pelo contrário, foi uma leitura ágil e agradável.

Um mundo submerso, sereias e tantas outras criaturas, um amor avassalador, uma guerra, são elementos que fazem de Marianas: A Civilização dos Sonhos uma história fantástica, repleta de ação e aventura. Foi o primeiro livro sobre sereias e posso dizer que me agradou bastante. Impossível não se encantar com essa emocionante história.

A edição é simples com folhas amareladas, boa diagramação  e fonte em bom tamanho. Encontrei alguns erros de digitação que me incomodaram um pouco, além disso o livro não tem numeração nas páginas, o que me causou certa estranheza, mas nada que tenha atrapalhado o bom entendimento da história.




Recomendado!

Beijos. ;)
http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/2016/03/top-comentarista-17-marco2016.html











20 comentários:

  1. Que bacana! Não sou muito fã de romances, mas esse desperta um pouco a curiosidade, sair um pouco da realidade e passar um tempo com sereias seria bem legal. Gostei do Jeremy, isso de ele não deixar se levar pelos outros e continuar acreditando no que quer que seja é algo admirável. Também nunca tinha visto um livro sem numeração nas páginas, fica um pouco ruim pra atualizar o Skoob haha. Ótima resenha, bjos.

    ResponderExcluir
  2. Já li esse livro, ele realmente é muito bom. E o que me incomodou também foi o fato de não ter a numeração das páginas.
    Mas Jeremy e Licia são um dos meus casais literários favoritos
    Adorei a resenha
    Beijos
    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nada sobre sereias mas tenho muita vontade e esse livro parece ser bem interessante.

    ResponderExcluir
  4. Posso falar a verdade? QUERO PRA ONTEM! haha
    Adorei a história, o tema, o que falou sobre os personagens,a capa, resumindo, TUDO. É um daqueles livros que você nunca teve conhecimento e quando tem, fica doida pra ler.
    Uma dúvida, como ele faz para respirar nessa cidade? Fiquei curiosa no post, se for algo muito impactante, não é necessário responder kkk

    ResponderExcluir
  5. Oi Aline que sinopse e resenha interessante, nunca li livro que tenham como temas sereias, achei super legal a trama da historia ter romance, disputa de poder o livro parece ser bem intenso, e parece ser um leitura que prendem a gente do começo ao fim, com certeza vou ler obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Li.
    Gostei da premissa, mas uma pena ter esse romance avassalador e tudo mais. Sim, sou do contra. haha Acho bem estranho um humano se pegando com uma sereia, mas tudo bem. rs
    Contudo, leria a obra pelos demais temas tratados, principalmente por causa da guerra.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  7. Já li um livro de sereia e gostei muito. Esse parece ser muito bom e mostra que temos que acreditar em nossos ideais, sem se levar pelos outros. Também achei estranho não ter numeração, gosto de acompanhar as páginas.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu me surpreendi muito com a estória! Apesar de ter achado muito meloso o romance do Jeremy e da Licia, a narrativa me encantou demais! Amei tua resenha. Concordo com a tua opinião sobre o livro em grande parte, :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Tenho que confessar que nunca li um livro com essa temática, porém, por meio de sinopses, nenhuma história sobre sereias me deixou tão curiosa quanto essa. Principalmente pelo livro possuir romance e ao mesmo tempo muita ação. *---*

    ResponderExcluir
  10. O que eu não gostei neste livro foi os acontecimentos terem acontecidos de forma muito rápida, pelo menos na minha opinião. Mas a construção do enredo com o romance e a luta pelo poder eu achei boa. Esta falta de numeração eu achei estranha também, mas como você bem falou, não interfere em nada na leitura. Acredita que li uma resenha metendo o pau no livro por conta disso? Achei a forma que a moça colocou as palavras bem acintosas, afinal ninguém entende um livro pelas suas numerações.
    Bsj, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que bacana! Amo sereias e não conhecia essa obra. Adorei a ideia das guerras no fundo do mar, parece ser um livro repleto de ação, aventura e romance! Fiquei simplesmente insano para ler depois de sua resenha, acho que vou me apaixonar e cativar pela história. Abraços ;)

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Bem interessante a história!
    Curto uma boa fantasia! E quem nunca sonhou com um mundo perfeito né?
    Curiosa para saber mais sobre o casal e mais ainda sobre a Guerra no fundo do Mar!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Quero muito ler esse livro, gosto muito de historia de sereis e achei essa diferente por acontecer dentro do mar, achei bem interessante essa civilização e fiquei curiosa sobre essa guerra e também gostei bastante da Licia e do Jeremy esse foi um livro que entrou na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  14. Gostei, nunca li, mas amei a sinopse e a resenha, acho que vou arriscar, até porque nunca li nada que envolva sereias

    ResponderExcluir
  15. Oi, Li!
    Um personagem único que acredita e vai a luta de seus sonhos como o Jeremy é sempre digno de admiração pra mim, e uma escrita minuciosa mas sem se tornar enfadonha é também um ponto bastante positivo, mas apesar de tudo isso a trama de Marianas - A civilização dos sonhos continua não me encantando...
    Portanto, esse é um livro que eu não leria, mas desejo sucesso ao autor.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  16. é bem o tipo de livro que eu gosto, adoro um bom livro de fantasia. e apesar de as vezes se tornar chato a descrições eu acho que são necessárias já que são criaturas novas.
    desejo boa sorte para o autor

    ResponderExcluir
  17. Gostei pelo jeitinho de fantasia, sereias e tal. Dá uma margem para histórias incríveis e é um tema que curto. Parece um bom livro, narrativa bacana e boa história e que vale a pena. Acho que iria gostar de ler, é diferente dos que estou pegando ultimamente.

    ResponderExcluir
  18. Eu ainda não conhecia esse livro, mas achei a premissa bem interessante. Adorei o fato de ter sereias *-*
    A única coisa que estranhei foi o fato de o livro não ser numerado, mas não é nada que afete a leitura. Beijo!

    ResponderExcluir
  19. Que bacana, amei a resenha!!
    Só tinha ouvido de nome o livro, é a primeira resenha dele que leio, e achei o máximo!!
    Amooo livros fantásticos, ainda mais voltados para sereias e seres marinhos, fooofo demais!!
    E esse parece ser bem desenvolvido, fluído e cheio de reviravoltas.
    Já quero!!
    bjoos

    ResponderExcluir
  20. Interessante.
    Essa é a única palavra que me vem a cabeça depois dessa resenha.
    Confesso que esse livro não faz meu gênero literário não, porém estou roendo as unhas de curiosidade a respeito dele.
    Confesso que não gostei de saber que não tem numeração de páginas, como assim um livro sem os números na páginas? Mas isso com certeza não vai me fazer mudar de ideia em relação a essa leitura não.
    É bom saber como o autor nos introduz a estória, por que não tem coisa pior do que o autor falar tudo de uma vez e o leitor voltar a parte em que há a descrição, para entender do assunto que é retratado. Esse livro já me conquistou.

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade