quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017
6

[RESENHA] Eu Mereço ser a Única - Anna CMS

Lido em: Fevereiro/2017
Título: Eu mereço ser a única
Autor(a): Anna CMS
Editora: Chiado
Gênero: Literatura nacional / Romance
Ano: 2016
Páginas: 180
ISBN: 9789895168095
Onde comprar: Livraria Cultura
Skoob



Sinopse: Devan Flynt e Viviene Charpentier estavam, absolutamente, apaixonados. Trocavam juras sinceras de um amor, que sem dúvida, seria para sempre. Porém, ele terminou tudo com ela por telefone, sem dar qualquer explicação, desmanchando o noivado e cortando-a repentinamente de sua vida, para casar-se um mês depois com Savannah Melbrooke.

Devan era um dos herdeiros de um grupo de empresas, sua paixão, no entanto, era a arquitetura, e aos trinta anos, construiu um casamento sólido, com sua amiga de infância, enquanto aguardava a chegada do bebê.
Viv, uma jovem jornalista, que encontrou amparo e consolo na depressão, entre suas fiéis amigas, mas jamais conseguiu reerguer-se totalmente. Sete meses depois é chegado o momento de reunir forças e enfrentar Devan, a fim de cobrar uma explicação e deixá-lo saber do estrago feito em sua vida; antes de enterrar de vez essa história em seu passado, e dar uma chance ao jovem Collin Andrews. 

Biografia: Anna CMS é natural do Rio de Janeiro, capital, mas atualmente vive no interior do estado.
Quando adolescente amava ler e sonhava, secretamente, tornar-se escritora. Gostava de criar manuscritos inteiros de ficção científica durante as aulas de Física na escola; os quais foram suas primeiras fanfics, antes mesmo do advento da internet e deste termo ser usado para designar histórias inspiradas em outras obras. Os inspiradores em questão eram os filmes da série Guerra nas Estrelas.
Durante e após cursar graduação em carreira na área de saúde, em Niterói-RJ, deixou as histórias de ficção de lado e passou a dedicar-se aos textos científicos de sua área de formação. Em 2009, ao terminar o mestrado, permitiu-se voltar a escrever por prazer, dando asas a sua imaginação e criatividade. No entanto, o gênero da vez eram romances e comédias românticas, na verdade fanfics da Saga Crepúsculo, que ela amou compartilhar na internet, pela interação que isso proporcionou com os leitores, reacendendo o sonho antigo da adolescente que adoraria ter se tornado uma escritora.


*Livro cedido em parceria com a autora.


Eu mereço ser a única é o livro #1 da série A cidade que nunca dorme.



Viviene e Devan estão apaixonados e, apesar do pouco tempo de relacionamento, vivem uma relação de amor e cumplicidade. É possível ver nos olhos deles o amor que sentem um um pelo outro. 
Feliz e disposto a fazer de Viv sua esposa, Devan a pede em casamento, e ela aceita com a certeza de que ele é o amor de sua vida.
Porém, menos de uma semana após o pedido, ele liga e termina tudo por telefone, sem maiores explicações, deixando-a arrasada e sem entender. Um mês depois ele se casa com Savannah, uma amiga de infância, para desespero ainda maior de Viv, que entrou em depressão.
Hoje, meses após o término, Viv ainda não se recuperou. A necessidade de entender o que aconteceu a impede de seguir em frente. E é isso que ela vai tentar fazer, quando surge a oportunidade de ter a conversa que tanto precisa com Devan. Com o apoio das amigas, ela consegue ficar frente a frente com ele. Mas será que descobrir o que aconteceu vai ser suficiente para ela seguir em frente?

"Seus olhos azuis lembravam um dia ensolarado, o qual estava longe de ser, e ardiam com paixão da forma mais intensa que um homem podia olhar para uma mulher." (p. 10)

Viv é independente e inteligente. Passou por maus bocados após o rompimento do noivado, entrando em uma depressão da qual não conseguia sair. Apesar de muito se torturar com algumas atitudes que teve, percebemos que apesar da aparência frágil, ela é mais forte do que imagina. É impossível não tomar suas dores e ficar revoltada com Devan.

"- Eu agora entendo seus motivos, Devan. - ela garantiu, girando para encontrar o céu límpido do olhar dele. - E, sinceramente, te perdoo. Mas... - e hesitando, enquanto seu coração se estilhaçava em dor física. - Eu mereço ser a única..." (p. 99)

Devan é carinhoso, atencioso e inteligente. À princípio, temos a impressão que ele vive bem em seu casamento, mas no decorrer da história vemos que não é bem assim. Apesar da raiva inicial que senti, ele me conquistou e no final eu estava completamente apaixonada. ♥

Através dos flashbacks notamos a química e sintonia existente entre Viv e Devan. Eles viveram um amor pleno, de alma. Por isso é tão difícil aceitar e entender a atitude dele. Mas como dizem, não devemos julgar, principalmente sem saber de todos os fatos, e quando descobri o motivo que o levou a terminar o relacionamento, entendi sua atitude. Não que justifique, pois ainda acho que ele poderia ter feito as coisas de outro jeito. Mas às vezes o desespero toma conta e a gente não encontra saídas.

Os personagens são marcantes e muito bem caracterizados, bem realistas. O que faz a gente se sentir ainda mais conectados a eles. Além dos protagonistas, os personagens que mais me agradaram foram: Jenny, Patricia e Ginger, as três amigas inseparáveis de Viv, sempre unidas e prontas a ajudar; e os pais adotivos de Viv.

"Há uma diferença importante entre arrependimento e remorso. A pessoa que se arrepende descobre forças dentro de si para se redimir de sua culpa, até encontrar, ganhar e se dar o perdão. A pessoa que sente remorso, na medida em que não perdoa a si própria, sente-se incapaz de lutar por sua redenção e desprezível demais para ser perdoado. Remorso é o arrependimento que corrói a alma e se transforma em doença." (p. 144)

A história é narrada em terceira pessoa, com flashbacks em primeira pessoa, aproximando ainda mais o leitor dos acontecimentos. Com uma escrita leve e fluída, detalhes na medida certa, uma boa dose de suspense e um leve toque de sensualidade, a autora conseguiu desenvolver um enredo emocionante, nos presenteando com uma história que é muito mais do que parece ser.

Eu mereço ser a única fala sobre família, amor, amizade e perdão. Intenso, me fez chorar em muitos momentos. 
A história toda me surpreendeu, principalmente o desfecho. Que foi o momento que mais me emocionou.

A diagramação é simples, com páginas amareladas e fonte e espaçamento em bom tamanho.



Recomendo!


Beijos. ;)

6 comentários:

  1. Oi. Estou louca para ler esse livro! Eu já tinha visto uma resenha sobre ele e me interessei bastante, mas o tempo passou e eu nem me lembrava do título, você acredita? Agora vou anotar para não perder de vista!
    Beijo, Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
  2. Oi! Tudo bem? Não tinha ouvido falar desse livro ainda, apesar desse nome 'Devan' não me ser estranho. Fiquei interessada na leitura. Parabéns pela resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nem li, mas já quero dar um soco na cara dos dois. Nela por ficar ainda querendo saber o porque foi largada (minha filha, segue com a vida). E dele, por seja lá qual for o motivo que o fez a largar, sendo que provavelmente ainda a amava (não aceito nada menos do que a nova esposa sequestrou um filho secreto dele e estava ameaçando matá-lo). E é por isso que eu acabo não lendo muitos romances, não consigo me conectar com os personagens, geralmente eu só quero agredi-los, hahahaha. É capaz de eu ler esse livro só para descobrir o motivo pelo pé. Mas não seria nesse momento.

    Bjs.


    www.ciadoleitor.com

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece ser um daqueles imperdíveis,que mexem com as nossas emoções e nos deixam no chão para logo depois nos deixar suspirando de amor.

    Quero saber por que Devan fez a burrada de largar a Viviene e mais ainda como ela saiu da depressão e foi atrás de respostas.


    Foi para o topo da lista de desejados.


    bjsssss


    ResponderExcluir
  5. Caramba que barra a Vivi passa, não sei como reagiria se vivesse algo semelhante. Entendo ela ficar em depressão, ela perdeu o chão. Acho justa ela querer entender os motivos pq só assim conseguirá se reerguer e seguir em frente, antes disso fica com algo inacabado dentro dela.
    Xará confesso que vc me deixou curiosa para conhecer essa história. Beijos
    Adorei conferir suas impressões.

    P.s. Está rolando sorteio lá no blog, passa por lá para conferir se é do seu interesse.
    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Aline, que resenha super instigante, fiquei morrendo de vontade de saber os motivos que levaram a Devan terminar tudo com Viv, parece uma história bem legal. Dica anotada. Bjkas

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, 36 anos, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, 31 anos, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade